Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Exército sírio destrói unidade da Frente Fatah al-Sham na província de Daraa

Os confrontos entre o exército sírio e o grupo terrorista Frente Fatah al-Sham (ex-Frente al-Nusra) estão ocorrendo na província sudoeste de Daraa na Síria e já deixaram pelo menos 15 feridos e mortos, informou a agência SANA news na quinta-feira (10) ao citar fontes.


Sputnik


Segundo os dados, as forças do governo sírio destruíram uma unidade da Frente Fatah al-Sham na província de Daraa. De acordo com SANA news, os militantes perderam a maior parte de seu equipamento e armas. 


Fumaça liberada em ataque aéreo realizado pelas forças do governo sírio numa região da província de Daraa tomada por rebeldes, sul da Síria, 26 de outubro de 2016
Província de Daraa, na Síria © AFP 2016/ MOHAMAD ABAZEED

Nas últimas semanas, a mídia tem informado que o exército sírio fez avanços consideráveis contra os extremistas na província de Daraa, que faz fronteira com a Jordânia. Segundo dados, nessa província as forças dos EUA treinavam um grupo de rebeldes sírios. 


Desde março de 2011, Síria vive um conflito armado no qual o governo enfrenta grupos de oposição armados e organizações terroristas, incluindo Daesh e Frente al-Nusra (proibidos na Rússia e em vários outros países). A guerra na Síria, segundo avaliações da ONU, já provocou a morte de 300 a 400 mil pessoas.

Postar um comentário