Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Exército sírio priva terroristas de vantagens táticas em Aleppo

Militantes do exército sírio estão levando a cabo uma grande ofensiva contra as posições dos grupos radicais no leste de Aleppo, privando o inimigo de vantagens táticas, disse na quarta-feira (23) o canal de televisão libanês Al Mayadeen. 


Sputnik

Segundo os seus dados, agora desenvolvem-se combates violentos pelo bairro no nordeste da cidade, bem como pelo controle do monte de Djebel-Badro. O domínio deste local permitirá ao exército pôr fim ao fogo de morteiros dos terroristas contra o aeroporto de Neirabe. Além disso, como esclareceu um dos oficiais do exército que participam da operação, Ard al-Hamra fica perto do bairro estratégico de Masaken Hanano que, de fato, abre a passagem da parte setentrional para os bairros leste de Aleppo.


Aleppo, Síria
Aleppo, Síria © REUTERS/ Abdalrhman Ismail


Na segunda-feira (21), as forças governamentais, apoiadas pelas unidades de milícia, quebraram a linha de defesa dos terroristas em Masaken Hanano. Segundo informações, militantes da Frente Fatah al-Sham (ex-Frente al-Nusra) são obrigados a deslocar mais reforços para manter o controle sobre esta região. Paralelamente, a artilharia síria continua a alvejar baterias e posições reforçadas do inimigo.

Os grupos terroristas mantêm bloqueados cerca de 200-300 mil civis nos bairros leste de Aleppo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas