Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Força Estratégica de Mísseis da Rússia testa robô-guardião de combate com lança-granadas

A Força Estratégica de Mísseis realiza os testes de um robô-guardião dos silos de lançamento de mísseis, de acordo com a informação de Ministério da Defesa russo. 


Sputnik

"Em 2016, na unidade de mísseis de Kozelsk (distrito de Kaluga) decorreram os testes de combate do sistema robótico de proteção de instalações estacionárias da Força Estratégica de Mísseis. O conjunto está equipado com sistemas de armas ligeiras e lança-granadas modernos. Ele pode fazer fogo de precisão com arco de fogo de 360 graus comandado por um artilheiro à distância de até 400 metros", diz o comunicado de imprensa.


Ponto de comando de Força Estratégica de Mísseis, região de Orenburg, Rússia
Posto de comando na região de Orenburg © Sputnik/ Vladimir Fedorenko


O sistema estará ativo nas posições de lançamento dos regimentos de mísseis.

Além disso, este ano serão realizadas adaptações das instalações a outros tipos de sistemas de segurança, incluindo um sistema robótico móvel. Ele foi projetado para reconhecimento, detecção e eliminação de alvos fixos e móveis, apoio de fogo a destacamentos e proteção de instalações importantes. 


De acordo com o comunicado, ele também tem capacidade para apontar armas, acompanhar e atingir alvos em modos automático e semiautomático e está equipado com meios de reconhecimento eletrônico e óptico. 

Outro tipo de meio de segurança, que já é utilizado nas forças armadas, é o veículo militar de antissabotagem Typhoon-M. Em 2016, a Força Estratégica de Mísseis recebeu 14 desses veículos, diz o Ministério da Defesa.

A particularidade deste veículo reside no fato de, entre outros meios de reconhecimento, ele possuir um drone e poder detectar o inimigo a uma distância de cinco quilômetros.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas