Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Forças de Segurança da Ucrânia ativaram reconhecimento aéreo, diz Donetsk

Foram registradas atividades de reconhecimento aéreo por parte das forças de segurança da Ucrânia em Donbass. 


Sputnik

Ao longo do dia foram registrados voos de até 10 drones das Forças Armadas da Ucrânia, disse na quinta-feira o vice-comandante do comando estratégico da autoproclamada República Popular de Donetsk, Eduard Basurin. 


Na foto: um grupo de sistemas de artilharia Acacia que fazem parte do exército ucraniano
Sistemas de artilharia Acacia do exército da Ucrânia © Sputnik/ Mikhail Palinchak

"Nós registrámos o funcionamento de até 10 drones inimigos nas direções de Gorlovka, região de Donetsk", disse Basurin. 

Segundo ele, as forças de segurança ucranianas também continuaram a mover armamento pesado para a linha de contato em Donbass. Nas áreas de Dzerzhinsk, Starognatovki, Novogrigorovki e Novoselovka Vtoraya foram avistados seis morteiros, quatro sistemas de artilharia Acacia e 16 veículos de combate de infantaria.


Postar um comentário