Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

Instalação de bases iranianas no exterior seria '10 vezes mais eficaz que energia nuclear'

O Irã está considerando instalar bases navais na costa do Iêmen e Síria, que teria um grande efeito dissuasório ante seus potenciais inimigos, informa a agência de notícias iraniana Tasnim. 

Sputnik

"Um dia necessitaremos de bases navais na costa do Iêmen e Síria, e precisamos de infraestrutura necessária para elas no âmbito do direito marítimo internacional", disse o chefe do Estado Maior iraniano, general Mohammad Hossein Baqeri, durante reunião dos comandantes da Marinha, realizada neste sábado (26) em Teerã.

Navios de guerra da Marinha do Irã
Navios da Marinha do Irã © AP Photo/ Fars News Agency, Mahdi Marizad

O efeito dissuasório de possuir bases navais em países estrangeiros "poderia ser dez vezes mais eficaz do que a energia nuclear", disse Baqeri, salientando que potenciais inimigos devem ser proibidos de adentrar nos territórios iranianos, forçando seus navios de guerra a ficarem longe da costa da República Islâmica.

Ele acrescentou que Teerã necessita de frota no Oceano Índico, similar a que se encontra no Golfo de Omã. O general pediu que a Marinha melhorasse suas atividades de inteligência através do aprimoramento de tecnologias de satélite e ciberespaço, bem como de drones navais.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas