Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Militares iraquianos libertam dos terroristas o centro de televisão em Mossul

Militares iraquianos libertaram do grupo terrorista Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em muitos outros países) o edifício do centro de TV e Rádio governamental, localizado na zona oeste de Mossul, informa o canal de TV Alsumaria, citando fontes militares. 


Sputnik

Conforme foi informado pela mídia, o centro de TV situa-se no bairro de Kokjali.


Exército iraquiano nos arredores de Mossul
Tropas iraquianas em Mossul © Sputnik/ Hikmet Durgun

A agência Reuters afirma que a libertação do centro de TV é considerada a primeira grande perda para os terroristas do Daesh, desde o início da operação. O centro era considerado pelos terroristas como um importante ponto estratégico.

Anteriormente, foi informado pelo exército do país que suas subdivisões antiterroristas entraram no distrito de Karama, na zona oeste da cidade, libertando totalmente o bairro de Kokjali. 


Em 16 de outubro de 2016, as Forças Armadas do Iraque, juntamente com outros grupos armados, que incluem as formações curdas peshmerga, iniciaram a ofensiva contra Mossul, uma das duas "capitais" do grupo terrorista Daesh.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas