Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel concentra mais forças na fronteira com Faixa de Gaza e está pronto a agir

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês) concentraram mais forças na fronteira com a Faixa de Gaza e estão prontas para usá-las se for necessário, comunica a assessoria da entidade militar.
Sputnik

A decisão foi tomada no decurso da reunião no Estado-Maior e é uma resposta aos combates de ontem (11), que causaram morte de um militar israelense e sete palestinos.


"As IDF aumentaram suas forças no Distrito Sul e estão dispostas, se for preciso, a agir com mais vigor", destaca o comunicado da entidade.

No decurso da operação militar que teve lugar no enclave palestino neste domingo (11) um tenente coronel de uma unidade especial israelense foi morto. Ao mesmo tempo, a parte palestina perdeu sete homens, inclusive um comandante militar. Após os confrontos, os palestinos lançaram 17 mísseis contra o sul de Israel, dois deles foram interceptados pelos sistemas de defesa antiaérea Iron Dome (Cúpula de Ferro).

Foi igualmente informado que, tendo em conta a situação, o prim…

Ministro da Defesa britânico quer aumentar gastos militares da OTAN

O ministro da Defesa britânico Michael Fallon pretende apelar aos aliados na OTAN, no âmbito do encontro de segunda-feira (14) em Bruxelas, ao aumento de gastos com a defesa após as eleições presidenciais nos EUA, informou o jornal The Telegraph citando uma fonte no ministério. 


Sputnik

Uma fonte da edição especificou que a vitória do bilionário republicano Donald Trump pode "intensificar" as tentativas do Reino Unido para persuadir outros países da União Europeia a gastarem mais com a defesa.


O ministro da Defesa do Reino Unido, Michael Fallon, durante uma conferência na Cingapura
Michael Fallon, Ministro de Defesa da Inglaterra © AP Photo/ Wong Maye-E


"No passado os americanos tinham dito que iriam concordar e continuariam contribuindo mais do que os outros membros da OTAN. Se a nova administração disser que vocês devem suportar suas ideias contribuindo com dinheiro, isso fará pensar", disse.

A fonte ministerial também destacou que atualmente a Europa enfrenta maiores problemas de segurança por si mesma, até porque, segundo ela, há mais ameaças do que após o fim da Guerra Fria.

A inauguração de Trump está marcada para 20 de janeiro. Durante sua campanha eleitoral ele declarou que os Estados Unidos gastam com a OTAN mais do que os outros membros da Aliança e que, segundo ele, a situação deve mudar.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas