Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Única mulher a bordo do submarino argentino desaparecido é oficial pioneira

Eliana María Krawczyk, de 35 anos, é a 'primeira submarinista' da Argentina. O ARA San Juan desapareceu com 44 tripulantes no Atlântico Sul.
G1

Única mulher no submarino militar argentino desaparecido com 44 tripulantes no Atlântico Sul, Eliana María Krawczyk, de 35 anos, é descrita pela imprensa local como primeira oficial submarinista do país e da América do Sul. Ela ocupa o cargo de chefe de armas do ARA San Juan, que perdeu contato com a terra na sexta-feira (17).

Eliana nasceu em Oberá, na província de Misiones, no nordeste da Argentina, e só conheceu o mar aos 21 anos de idade, destaca o perfil do jornal "Clarín". Após se formar no ensino médio, ela se matriculou na Universidade de Misiones para fazer faculdade de Engenharia Industrial.

Duas tragédias familiares levaram Eliana a desistir do curso: a morte de um irmão, em um acidente de trânsito, e a morte da mãe, em decorrência de um problema cardíaco.

Em um perfil publicado em 2015 na revista "Viva", que …

Moscou espera decisão de Brasília sobre compra de sistema de defesa antiaérea

A Agência Federal para a Cooperação Técnico-Militar (FSVTS) espera que Brasília tome uma decisão relativa à aquisição dos sistemas de defesa antiaérea Pantsir-S1, informa na quarta-feira (30) o serviço de imprensa da FSVTS.


Sputnik


"Junto com a Rosoboronexport estamos trabalhando com os nossos parceiros brasileiros para realizar esse projeto. Nós esperamos que seja tomada uma decisão sobre a compra destes sistemas únicos e vitais para o Brasil", diz-se no comunicado. 


Sistema de defesa Pantsir
Pantsir S1 © Sputnik/ Vitaly Belousov

As negociações sobre os Pantsir-S1 se prolongam por alguns anos. Inicialmente, o Brasil propôs adquirir essas armas para reforçar a segurança da Copa do Mundo de 2014.



Postar um comentário