Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

Novo sistema russo será capaz de abafar comunicações das forças dos EUA e da OTAN

O sistema estratégico de luta radioeletrônica que está sendo criado pela Rússia será capaz de abafar o sinal do Sistema Global de Comunicações de Altas Frequências dos EUA que coordena a ligação entre todos os órgãos de controle militar de Washington e de seus aliados da OTAN. 


Sputnik

O anúncio foi feito na segunda-feira (14) pela assessoria de imprensa do consórcio Tecnologias Radioeletrônicas (KRET), empresa-fabricante do sistema de luta radioeletrônica. 


Painel de processamento de dados no posto de comando russo
© Sputnik/ Sergey Pyatakov


Segundo Vladimir Mikheev, primeiro vice-diretor-geral da KRET, o referido sistema "é uma resposta assimétrica ao conceito centralizado de ações militares das Forças Armadas dos EUA e da OTAN com base no espaço de informação unido". 

Em outras palavras, esse conceito visa eliminar o campo informacional do inimigo e impedir que ele receba informações de comando.

"Primeiramente, o complexo (Murmansk-BN) é voltado contra os sistemas que funcionam nas faixas de frequência de ondas curtas, tais como Sistema Global de Comunicações de Altas Frequências dos EUA (High Frequency Global Communications System). Esse sistema providencia comunicações entre todos os órgãos de controle do Ministério da Defesa, aviões e navios dos EUA e de seus aliados da OTAN", diz-se no comunicado.

Segundo a KRET, "a comunicação por satélite não possui capacidade e sustentabilidade suficientes". Esse fato indica que o "funcionamento de sistemas que se encontram na zona de alcance dos complexos de luta radioeletrônica russos, isto é, postos de comando terrestres, navios ou aviões, será consideravelmente dificultado".


Postar um comentário

Postagens mais visitadas