Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Novo sistema russo será capaz de abafar comunicações das forças dos EUA e da OTAN

O sistema estratégico de luta radioeletrônica que está sendo criado pela Rússia será capaz de abafar o sinal do Sistema Global de Comunicações de Altas Frequências dos EUA que coordena a ligação entre todos os órgãos de controle militar de Washington e de seus aliados da OTAN. 


Sputnik

O anúncio foi feito na segunda-feira (14) pela assessoria de imprensa do consórcio Tecnologias Radioeletrônicas (KRET), empresa-fabricante do sistema de luta radioeletrônica. 


Painel de processamento de dados no posto de comando russo
© Sputnik/ Sergey Pyatakov


Segundo Vladimir Mikheev, primeiro vice-diretor-geral da KRET, o referido sistema "é uma resposta assimétrica ao conceito centralizado de ações militares das Forças Armadas dos EUA e da OTAN com base no espaço de informação unido". 

Em outras palavras, esse conceito visa eliminar o campo informacional do inimigo e impedir que ele receba informações de comando.

"Primeiramente, o complexo (Murmansk-BN) é voltado contra os sistemas que funcionam nas faixas de frequência de ondas curtas, tais como Sistema Global de Comunicações de Altas Frequências dos EUA (High Frequency Global Communications System). Esse sistema providencia comunicações entre todos os órgãos de controle do Ministério da Defesa, aviões e navios dos EUA e de seus aliados da OTAN", diz-se no comunicado.

Segundo a KRET, "a comunicação por satélite não possui capacidade e sustentabilidade suficientes". Esse fato indica que o "funcionamento de sistemas que se encontram na zona de alcance dos complexos de luta radioeletrônica russos, isto é, postos de comando terrestres, navios ou aviões, será consideravelmente dificultado".


Postar um comentário