Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

OTAN pretende aumentar prontidão dos milhares de militares devido à 'agressão' russa

OTAN planeja colocar "centenas de milhares de militares" em regime de prontidão devido a crescente tensão com a Rússia, informa Times, citando o Secretário Geral da Aliança, Jens Stoltenberg. 


Sputnik

De acordo com o jornal, a liderança da OTAN pretende preparar um número significativo de militares terrestres para possível confronto contra a "agressão russa".


Resultado de imagem para jens stoltenberg nato
Jens Stoltenberg, Secretário Geral da OTAN


Stoltenberg disse que, há anos, a Aliança observou o crescimento militar da Rússia, bem como o uso de ativa divulgação de tal crescimento entre seus aliados. Sendo assim, a OTAN “se vê obrigada a dar uma resposta” a Moscou com um reforço mais significativo de segurança coletiva desde o fim da Guerra Fria, disse ele.

“Nos exércitos dos países-membros da OTAN há bastante militares. Agora estamos examinando as opções de redução de tempo em prol do aumento dos militares destas tropas”, disse o secretário-geral da OTAN.


Postar um comentário