Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Águas 'quentes' da Síria: fragata russa persegue submarino nuclear dos EUA

Durante sua última missão no mar Mediterrâneo em abril passado, a fragata Admiral Essen da Marinha russa conseguiu detectar e perseguir um submarino nuclear dos EUA perto da costa síria. Essa informação foi só agora tornada pública.
Sputnik

A fragata Admiral Essen, pertencente à Frota do Mar Negro, perseguiu o submarino estadunidense da classe Ohio durante mais de duas horas, comunica o jornal russo Izvestiya, citando o Estado-Maior da Marinha russa.

A tripulação do navio russo registrou os parâmetros principais do submarino para, em seguida, os adicionar ao retrato acústico do submersível.

A fragata havia partido para o mar Mediterrâneo em março e regressou à base de Sevastopol no fim de junho. Encontrava-se na zona costeira síria quando os EUA, o Reino Unido e a França atacaram a Síria com mísseis.

Além disso, no decurso da missão, a sua tripulação realizou uma série de manobras táticas. Em particular, treinou ataques contra alvos marítimos e aéreos, combate em grupo e isolado, bem como…

Rússia desenvolve novo sistema de proteção de aviões

O último complexo de defesa a bordo, criado através do complexo de defesa russo President-S, será responsável pela proteção da aeronave de transporte militar Il-112V contra todos os tipos de mísseis avançados até 2025, disse na sexta-feira (11) a assessoria de imprensa da companhia russa Tecnologia Radio-eletrônica.


Sputnik


O exército russo vai começar a receber a nova aeronave de transporte militar Il-112V a partir de 2019. Ela será usada para o transporte de pessoal e de armas já que o uso da aeronave IL-76 é desvantajoso economicamente. A nova aeronave substituirá a AN-26, produzida há 30 anos. 

Resultado de imagem para president s

Segundo a informação, a companhia Tecnologia Radio-eletrônica, pertencente à empresa estatal Rostec, está desenvolvendo o sistema de defesa a bordo para a nova aeronave de transporte militar leve russo Il-112V. A aeronave será capaz de operar perto da linha de contato com o inimigo e participar em operações antiterroristas, sendo capaz de protegê-la contra todos os tipos de mísseis "terra-ar" e "ar-ar". 


A assessoria de imprensa especificou que além do desenvolvimento da adaptação dos sistemas existentes no âmbito do Il-112V, está sendo realizada a criação de uma versão do sistema de defesa a bordo, que será eficaz contra todas as ameaças avançadas até pelo menos 2025. 

"A base do novo complexo vai incluir soluções responsáveis pela criação de um dos meios mais eficientes russos para proteção individual da aviação Vitebsk e sua versão de modificação do President-S", comunicou o assessor do diretor geral da empresa, Vladimir Mikheev. 

Foi esclarecido pela empresa que o desenvolvimento do sistema de defesa aérea é um passo extremamente importante para criação do Il-112V, pois o avião é destinado a entregar cargas a localizações próximas à linha de frente, havendo a possibilidade de interceptação dele por aviões inimigos. 

Os helicópteros Mi-26, Mi-28 e Ka-52 e aviões Il-76 são equipados com o complexo russo de defesa radio-eletrônica President-S desde 2015.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas