Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Rússia moderniza sistemas de mísseis Iskander-M

As empresas de defesa russas iniciaram obras de modernização dos sistemas de mísseis Iskander-M, estendendo o prazo de funcionamento dos mesmos até 2030. 


Sputnik

O anúncio foi dado pelo chefe das tropas de mísseis e artilharia das Forças Armadas russas, tenente-general Mikhail Matveevsky. 


Iskander-M (SS-26 Stone, segundo o código da OTAN), sistema móvel de mísseis balísticos da Rússia
Iskander-M  (SS-26 Stone) © Sputnik/ Aleksei Danichev


Em 19 de novembro, por tradição, é celebrado o Dia das Tropas de Mísseis e Artilharia. Foi neste dia, que em 1942, com uma forte preparação de artilharia, começou a contraofensiva das forças soviéticas perto de Stalingrado. 

Segundo Matveevsky, "atualmente, as empresas do complexo industrial-militar da Federação da Rússia estão realizando obras de modernização do sistema para melhorar suas características militares e operacionais".

Na opinião de Matveevsky, um grande potencial de modernização do sistema permitirá, até 2030, mantê-lo no nível avançado, capaz de receber destaque entre modelos estrangeiros.

Ao mesmo tempo, o general destaca que hoje o Iskander-M é o melhor sistema de mísseis na sua categoria por ser apto a superar qualquer defesa antimíssil. 


O Iskander-M é um sistema de mísseis táticos operacionais que permite atingir alvos com alta precisão a uma distância de 500 quilômetros. O sistema se destina eliminar meios de defesa antimíssil e antiaérea, aviões e helicópteros em aeródromos, postos de comando e outros objetos.

Além do Iskander-M, em breve, será iniciada a compra e o fornecimento da versão modernizada do sistema de artilharia autopropulsada Koalitsiya-SV, cuja elaboração se encontra na etapa final. Este complexo possui o regime inovador de disparos chamado "Shkval ognya" (Lufada de fogo) que permite atingir alvos por meio de vários projéteis lançados do mesmo canhão em diferentes ângulos. Graças ao seu módulo automatizado, o Koalitsiya-SV será o protótipo do sistema de artilharia robotizada.

Segundo Matveevsky, a Rússia também está desenvolvendo ogivas de mísseis com ação destrutiva baseadas nos "novos conceitos físicos".



Postar um comentário