Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa russa: avião Il-20 foi derrubado por mísseis sírios S-200

De acordo com o ministério russo, o sistema de defesa aérea sírio tentava atacar um avião de Israel. No entanto, a tripulação israelense fez uma manobra especial para se proteger, e o míssil acabou atingindo acidentalmente o avião russo Il-20.
Sputnik

O avião Il-20 desapareceu dos radares em 17 de setembro, por volta das 23h do horário de Moscou, (17h em Brasília) durante o retorno planejado à base aérea de Hmeymim, acima do território do mar Mediterrâneo, a 35 quilômetros da costa da Síria, informou o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia. O represente oficial da Defesa russa, Igor Konashenkov sublinhou que os aviões israelenses "propositalmente criaram uma situação perigosa para navios e aviões nessa região".

Na opinião dele, para evitar o ataque sírio, a tripulação israelense acabou tornando o Ilyushin-20 alvo de ataque.

"Ao tentarem proteger-se com ajuda do avião russo, os pilotos israelenses o puseram debaixo de fogo do sistema de defesa antiaérea da Síria"…

Shoigu: Pentágono não deve confundir 'ordem mundial' com 'ordem imposta pelos EUA'

O ministro da Defesa da Rússia, Serguei Shoigu, afirmou nesta segunda-feira (12) que o Pentágono não deve confundir "ordem mundial" com uma "ordem imposta pelos EUA".


Sputnik


"Quanto mais cedo os EUA perceberem que manutenção da ordem mundial não é uma prerrogativa do Pentágono, mais cedo serão resolvidos todos os conflitos, incluindo o da Síria", disse Shoigu. 


Ministro da Defesa russo Sergei Shoigu durante o Segundo festivalo da Sociedade geográfica russa
Ministro da Defesa da Rússia Sergei Shoigu © Sputnik/ Ramil Sitdikov

De acordo com ele, o apoio a uma ordem mundial pacífica é a responsabilidade de toda a comunidade internacional, não somente do Pentágono. 


Ao comentar as acusações do chefe do Pentágono, Ashton Carter, de que a Rússia estaria minando as fundações da ordem mundial, Shoigu afirmou que a Rússia sempre se colocou a favor da preservação de um mundo justo e multipolar, no interesse de todos os países. 

Anteriormente, Ashton Carter havia declarado que os EUA não buscam um inimigo na Rússia, mas que os "Estados Unidos vão proteger seus aliados, uma ordem mundial pacífica e um futuro positivo". 

Postar um comentário

Postagens mais visitadas