Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

TKMS vai reequipar submarinos de ataque de Portugal

Alexandre Galante | Poder Naval

O Jane’s noticiou que o Ministério Português da Defesa Nacional (MoND) autorizou a marinha do país a atribuir à ThyssenKrupp Marine Systems (TKMS) contratos não superiores a € 47.99 milhões para reaparelhar dois submarinos de ataque classe Tridente (Tipo 209PN) de Portugal. 


nrp-tridente
NRP Tridente

O primeiro submarino, NRP Tridente (S160), vai ser reequipado na Alemanha entre 2016-2018, enquanto a TKMS e o estaleiro estatal Português Arsenal do Alfeite vão cooperar para reequipar o NRP Arpão (S161) localmente em Portugal, entre 2018-2020. A Systems Sunlight da Grécia também recebeu recentemente um contrato da Marinha Portuguesa para substituir as baterias principais dos dois submarinos classe Tridente.

O programa de reequipamento foi lançado na última Lei de Programação Militar de Portugal, aprovada em maio de 2015. O trabalho é principalmente um período de manutenção, em vez de um upgrade.

Os submarinos estão programados para sofrer mais tarde uma atualização de meia-vida entre 2022 e 2025. Isto incluirá a atualização dos sistemas dos submarinos e foi avaliado em € 106,12 milhões pela lei de programação militar.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas