Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Toda a zona leste de Aleppo está libertada dos terroristas

O território de Aleppo oriental, onde vivem mais de 90 mil pessoas, foi libertado dos terroristas até o meio-dia de terça-feira (29), horário da Síria, informou o Centro para a Reconciliação na Síria russo.


Sputnik


"Antes do meio-dia de 29 de novembro foi completamente libertado um território da cidade onde habitam mais de 90 mil residentes de Aleppo (cerca de 310 mil habitações). Todos eles recebem comida quente e, nos casos de urgência, ajuda médica. O Centro de Reconciliação russo forneceu dezenas de toneladas de produtos alimentares e medicamentos para prestar assistência médica aos civis de Aleppo. Também foram instaladas 150 cozinhas de campanha", diz o comunicado. 


Tropas pró-governamentais ficam no telhado de prédio em Aleppo durante a operação de libertação da cidade do controle do Daesh, Síria, 28 de novembro de 2016
Militares da Síria durante a libertação de Aleppo © AFP 2016/ GEORGE OURFALIAN

Além disso, durante as últimas 24 horas, 507 terroristas largaram as armas e 484 militantes de entre os residentes locais foram anistiados de imediato, conforme decisão do presidente sírio Bashar Assad.


Postar um comentário