Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Toda a zona leste de Aleppo está libertada dos terroristas

O território de Aleppo oriental, onde vivem mais de 90 mil pessoas, foi libertado dos terroristas até o meio-dia de terça-feira (29), horário da Síria, informou o Centro para a Reconciliação na Síria russo.


Sputnik


"Antes do meio-dia de 29 de novembro foi completamente libertado um território da cidade onde habitam mais de 90 mil residentes de Aleppo (cerca de 310 mil habitações). Todos eles recebem comida quente e, nos casos de urgência, ajuda médica. O Centro de Reconciliação russo forneceu dezenas de toneladas de produtos alimentares e medicamentos para prestar assistência médica aos civis de Aleppo. Também foram instaladas 150 cozinhas de campanha", diz o comunicado. 


Tropas pró-governamentais ficam no telhado de prédio em Aleppo durante a operação de libertação da cidade do controle do Daesh, Síria, 28 de novembro de 2016
Militares da Síria durante a libertação de Aleppo © AFP 2016/ GEORGE OURFALIAN

Além disso, durante as últimas 24 horas, 507 terroristas largaram as armas e 484 militantes de entre os residentes locais foram anistiados de imediato, conforme decisão do presidente sírio Bashar Assad.


Postar um comentário