Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia não considera Patriot como alternativa ao S-400, diz parlamentar turco

Washington está negociando com Ancara quanto à possibilidade de fornecimento dos sistemas de defesa antiaérea norte-americanos Patriot no lugar dos S-400 russos, escreveu a revista turca Sabah, citando a assessora do Secretário de Estado dos EUA em questões políticas, Tina Kaidanow.
Sputnik

Kaidanow relevou que o Departamento do Estado está negociando com a Turquia para "tentar dar a entender aos turcos o que se pode fazer em relação aos Patriot".

"Estamos preocupados que a compra dos sistemas russos de defesa antiaérea seja uma espécie de apoio para a Rússia que, pelo que vimos, não se comporta bem em várias partes do mundo, inclusive na Europa", afirmou a assessora, citada pela edição turca.

Um representante do Ministério das Relações Exteriores turco, que pediu anonimato, comentou à Sputnik Turquia sobre a situação quanto às compras dos S-400 por Ancara, bem como quanto ao diálogo com os EUA.
"A nossa postura em relação aos S-400 foi reiterada por diversas vezes…

Todos os ataques aéreos russos na Síria 'são direcionados, proporcionados, verificados'

O vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia sublinhou que Moscou na Síria só conduz ataques aéreos localizados. 


Sputnik

A Rússia e os EUA não interromperam os contatos militares, que continuam em Genebra, disse o vice-chanceler russo Sergei Ryabkov nesta quarta-feira. 


Show Internacional de Aviação MAKS 2015
Sukhoi Su-34 © Sputnik/ Maksim Blinov


"No que se refere aos americanos, o trabalho continua não só através dos adidos militares em Moscou, mas também de forma direta. Os contatos militares não foram interrompidos, eles continuam, inclusive em Genebra, onde as delegações militares estão trabalhando", disse Ryabkov.

Questionado sobre se os nove membros do assim chamado formato de Lausana (Estados Unidos, o enviado da ONU e os países regionais), foram informados da retomada dos ataques aéreos na Síria, o diplomata russo contestou a caracterização destes últimos como "maciços".

"Todos os nossos ataques aéreos na Síria são direcionados, proporcionados, verificados. Colocar rótulos é a prática daqueles que, politicamente e de outras formas, se opõem à Rússia", enfatizou Ryabkov.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas