Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Qual será resposta síria a novos mísseis 'inteligentes' dos EUA?

A cada declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre seus "mísseis inteligentes", os sistemas de defesa antiaérea sírios terão sua própria resposta de mísseis, o que foi demonstrado pelo país em 14 de abril, assegurou à Sputnik o membro do Conselho Público junto ao Ministério da Defesa da Rússia, Igor Korotchenko.
Sputnik

Mais cedo, Sergei Rudskoy, chefe da Direção-Geral Operacional do Estado-Maior das Forças Armadas russas, disse aos jornalistas que os especialistas russos tinham detectado evidências de 22 mísseis terem atingido alvos, de um total de 105 anunciados pelos EUA, na sequência do ataque aéreo dos EUA e seus aliados.


"Os mísseis podem ser 'inteligentes', mas os sistemas da defesa antiaérea podem ser eficientes, por isso, para cada míssil 'astuto' haverá um míssil guiado, o que foi demonstrado pelo ótimo treinamento profissional dos soldados sírios. Nas declarações de Trump há muita publicidade, e para cada tweet de Trump sobre seus '…

Turquia está negociando com Rússia compra de S-400

A Turquia está negociando com Rússia a compra de sistemas de misseis antiaéreos de médio e longo alcance S-400, afirmou o ministro da Defesa da Turquia Fikri Isik. 


Sputnik

Anteriormente, o secretário de imprensa do presidente da Turquia, Ibrahim Kalin, afirmou que Moscou e Ancara vão discutir os detalhes da possível cooperação para criação do projeto nacional de sistemas antimísseis turcos. Esta questão foi discutida pelos líderes de ambos os países, Vladimir Putin e Recep Tayyip Erdogan, em 10 de outubro em Istambul. 


C-400 Triumph mísseis defendam o espaço aéreo de Moscou e do região central da Rússia
S-400 © Sputnik/ Artem Zhitenev

"O desenvolvimento do sistema antimíssil continua. Estamos negociando sobre os S-400 não só com Rússia, mas também com outros países que têm sistemas idênticos. Neste momento a posição da Rússia em relação a esta questão é positiva. Esperamos que a atitude dos países membros da OTAN à questão seja séria e que o nosso sistema corresponda às exigências da Aliança Atlântica. Mas nós não rejeitamos a proposta da Rússia e estamos a desenvolvendo-a ativamente. O nosso objetivo final é construir esses sistemas no nosso próprio país", disse Isik em transmissão do canal da Televisão NTV.

Pela primeira vez, a Turquia mostrou interesse pelos sistemas antimísseis S-400 ainda em 2009. No entanto, naquele tempo a cooperação foi suspensa.

Em finais de 2015, Ancara afirmou que tencionava comprar sistemas de mísseis antiaéreos SAMP-T franco-italianos que são uma alternativa aos S-400, mas a compra não foi feita. 


O S-400 é um sistema de misseis antiaéreos de médio e longo alcance que foi adotado em 2007. Os sistemas se destinam à destruição de todos os meios de ataques aeroespaciais atuais e em desenvolvimento.

Postar um comentário