Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

No decorrer da operação Ramo de Oliveira será criada zona de segurança na Síria

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim anunciou a criação, durante a operação militar turca na província síria de Afrin, de uma faixa de segurança de 30 quilômetros.
Sputnik

O premiê, citado pela emissora Haberturk, adiantou também que a operação seria efetuada em quatro etapas.


"A operação vai decorrer em 4 etapas com o objetivo de criar uma faixa de segurança de 30 quilômetros, que será limpa de terroristas", disse o político, citado pela emissora NTV.

Yildirim adiantou que até agora não há mortos ou feridos entre o contingente turco que realiza a operação.

Mais cedo, o Estado-Maior da Turquia anunciou o início da operação "Ramo de Oliveira" contra os grupos curdos na província síria de Afrin, que começou precisamente às 14h00 locais (12h00 no horário de Brasília). De acordo com a entidade militar, a operação conta com a participação de 72 aviões, enquanto 108 dos 113 alvos planejados já foram eliminados. Há poucos dias, o premiê turco, Binali Yildirim, havia avanç…

Último bastião de militantes em Aleppo está sob fogo

As tropas do governo sírio começaram neste sábado (12) a fazer fogo de precisão contra as posições de militantes na periferia do bairro de Rashidin, que é o último posto avançado dos grupos ilegais no oeste de Aleppo. 


Sputnik

A informação foi divulgada pelo canal de TV libanês Al-Mayadeen.


Cidade de Aleppo na Síria
Aleppo © AFP 2016/ GEORGE OURFALIAN

Segundo foi divulgado anteriormente, na noite para sábado as tropas sírias, juntamente com destacamentos de milícia popular, retomaram o controle do bairro Al-Assad, também no oeste de Aleppo, que estava sob controle dos militantes desde finais de outubro. Graças aos esforços conjuntos da milícia e do exército, os terroristas também perderam controle da povoação de Minyan localizada na proximidade.

De acordo com o canal televisivo, atualmente os soldados sírios estão combatendo terroristas da coalizão armada Jaish al-Fatah, que inclui também combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia) atualmente conhecida como Frente Fatah al-Sham. 


Simultaneamente, o exército está bombardeando as posições de terroristas usando morteiros e sistemas de mísseis. 

É precisamente no bairro de Rashidin que os terroristas da Frente Fatah al-Sham, além de suas posições de combate, têm seus paióis e postos de comando, sublinha Al-Mayadeen.

Postar um comentário