Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Aviões russos realizaram 64 ataques contra terroristas impedindo seu avanço a Palmira

Durante a noite passada o exército sírio repeliu, com apoio da Força Aeroespacial da Rússia, todos os ataques dos extremistas contra Palmira, informa o Ministério da Defesa da Rússia. 


Sputnik

"Durante a noite passada, o exército sírio repeliu, com apoio da Força Aeroespacial da Rússia, todos os ataques dos extremistas contra Palmira. Os atacantes usaram ativamente carros-bomba com suicidas, veículos blindados e lançadores de foguetes", diz o comunicado do Ministério da Defesa da Rússia.


Caça russo Sukhoi Su-34
Sukhoi Su-34 da Força Aeroespacial da Rússia © Sputnik/ Vladimir Astapkovich

Se destaca que foram realizados 64 ataques contra concentrações, posições e colunas de terroristas. Conforme os dados do ministério russo, foram eliminados 11 tanques e veículos de combate de infantaria, 31 carros equipados com metralhadoras do grande calibre e mais de 300 terroristas.

Nesta semana, militantes do grupo extremista Daesh lançaram uma ofensiva na tentativa de conquistar novamente a cidade histórica, assumindo o controle de áreas a noroeste e sudeste de Palmira. O governo enviou novas tropas à região, intensificando os combates com os terroristas. De acordo com a agência de notícias Al Masdar, jatos da Força Aérea ajudaram nos confrontos. 


Na noite deste sábado (10) o exército sírio retomou o controle total sobre Palmira.

Postar um comentário