Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin passa para Trump a responsabilidade de resolver conflito na Síria

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, passou a bola para que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seja o responsável por resolver o conflito na Síria.
EFE

Helsinque - Em entrevista coletiva conjunta realizada nesta segunda-feira, em Helsinque, após a primeira cúpula entre os dois líderes, Putin também deu para Trump uma bola oficial da Copa do Mundo.

"No que se refere ao fato de a bola da Síria estar no nosso telhado, senhor presidente, o senhor acaba de dizer que organizamos com sucesso o Mundial de Futebol. Portanto, quero agora entregar esta bola. Agora, a bola está do seu lado", disse Putin.

O presidente russo fazia uma referência a uma frase do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, que havia afirmado que a bola para resolver o conflito na Síria estava no telhado do Kremlin.

Trump agradeceu pelo presente e disse estar confiante de que EUA, México e Canadá organizarão em 2026 uma Copa do Mundo tão bem-sucedida como a da Rússia.

Na sequência, o presidente americ…

Coalizão, liderada pelos EUA, bombardeou hospital do Daesh em Mossul

A coalizão internacional, liderada pelos EUA, realizou um ataque aéreo contra o hospital Al-Salem, na parte oriental de Mossul, que estava sendo usado como base de terroristas do grupo Daesh, informou na noite desta quarta-feira o comando da coalizão.


Sputnik


Segundo a informação do comando, alguns prédios do hospital foram ocupados na terça-feira pelas forças de segurança do Iraque, que repeliram alguns contra-ataques dos jihadistas. Na quarta-feira, o inimigo continuou a ofensiva, com uso de metralhadoras pesadas e lançadores de granadas. Desse modo, os militares iraquianos decidiram solicitar apoio aéreo da coalizão. 


Fumaça na cidade de Mossul, Iraque (foto de arquivo)
Mossul, Iraque © REUTERS/ Air Jalal

“Com objetivo de apoiar as forças de segurança do Iraque, a força aérea da coalizão realizou ataque pontual, cujo alvo eram os combatentes inimigos, que estavam atacando as tropas iraquianas”, informou o comunicado à imprensa. 


O documento não apontou o local exato do ataque, mas o título do comunicado é: “Coalizão realiza ataque aéreo ao hospital em Mossul”. 

O número de mortos e de feridos não foi revelado.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas