Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Cruzador de mísseis russo Marshal Ustinov volta ao serviço ativo da Marinha

A empresa de construção naval Zvyozdochka informou que o cruzador de mísseis russo Marshal Ustinov será colocado novamente ao serviço ativo, depois de cinco anos de reparações. 


Sputnik

O cruzador de mísseis Marshal Ustinov volta a integrar a Marinha russa depois de cinco anos de extensos reparações, informou na segunda-feira (26) a empresa de construção naval Zvyozdochka, responsável pelas obras. 

Marshal Ustiov, cruzador de mísseis russo
Cruzador porta-mísseis Marechal Ustinov © Sputnik/ Sergei Kompaniychenko

"O centro de reparação naval da Zvyozdochka completou os trabalhos no projeto 1164 Atlant [classe Slava] no cruzador de mísseis Marshal Ustinov", disse a empresa em um comunicado.

O cruzador saiu do estaleiro Zvyozdochka no último sábado (24) em direção à cidade de Severomorsk, a base da Frota do Norte da Rússia.

O navio de guerra passou por uma reconstrução total do casco e reparação das unidades de propulsão. Seus sensores e sistemas bélicos eletrônicos foram substituídos por equivalentes digitais. 

O Marshal Ustinov foi lançado em 1982 e comissionado na Frota do Norte Soviética em 1986. 

Os cruzadores da classe Slava foram projetados como navios de ataque de superfície com alguma capacidade antiaérea e antissubmarino. São armados com dezesseis mísseis antinavio supersônicos SS-N-12 Sandbox.

Postar um comentário