Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Caça F-22 dos EUA faz pouso de emergência no Alasca

Nesta quarta-feira (11), um caça de quinta geração F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA fez um pouso de emergência em uma base militar no Alasca, de acordo com a agência AP.
Sputnik

De acordo com a agência, a aeronave aterrissou na base de Elmendorf-Richardson, na cidade de Anchorage, devido a uma falha no funcionamento do chassi de aterrissagem.

As imagens do acidente divulgadas pelo Facebook demonstram que uma das rodas não saiu e a aeronave acabou pousando sobre sua asa esquerda.

O piloto saiu ileso. Entretanto, a porta-voz da Força Aérea dos EUA, Erin Eaton, informou sobre o início de uma investigação da ocorrência.

Outros acidentes

O avião F-22 é um caça bimotor monolugar produzido pela corporação norte-americana Lockheed Martin. A Força Aérea dos EUA conta com 186 aeronaves do modelo.

Em abril, foi registrada uma falha de motor em um F-22 durante a decolagem da base aérea de Fallon, como resultado a aeronave acabou caindo sobre a pista.

Outro acidente, que também ocorreu em abril, teve lu…

Damasco condena ataques terroristas contra hospital móvel russo em Aleppo

Damasco condena com firmeza os ataques terroristas contra o hospital móvel russo em Aleppo, diz-se no comunicado do Ministério das Relações Exteriores da Síria, divulgado na terça-feira (6). 

Sputnik

"A Síria condena com firmeza o ataque realizado pelos grupo terroristas contra o hospital de campanha da Rússia em Aleppo", diz-se no comunicado.
O local do hospital móvel do Ministério da Defesa da Rússia em Aleppo, atacado em 5 de dezembro de 2016
Hospital móvel russo em Aleppo, Síria © Sputnik/ Mikhail Alaeddin

Na segunda-feira (5), o porta-voz do Ministério da Defesa russo, Igor Konashenkov, disse que militantes da chamada "oposição" síria atacaram o hospital móvel russo em Aleppo, o que levou à morte de duas médicas militares russas e ferimentos em um outro médico. Além deles, foram feridos residentes locais que ali se encontravam para obter assistência médica.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho declarou que tais ataques são provas de que as partes beligerantes não são capazes de cumprir a responsabilidade de proteger os médicos.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas