Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

EUA aprovam venda de US$3,5 bi em helicópteros para a Arábia Saudita

O Departamento de Estado dos EUA aprovou uma possível venda de US$ 3,51 bilhões em helicópteros de carga CH-47 Chinook e equipamentos relacionados à Arábia Saudita, informou a Agência de Cooperação em Segurança e Defesa (DSCA) em um comunicado. 

Sputnik

"A venda proposta das aeronaves CH-47 melhorará a capacidade de transporte pesado da Arábia Saudita", disse o comunicado nesta quinta-feira (8). "A Arábia Saudita usará essa capacidade aprimorada para fortalecer sua defesa nacional e deter as ameaças regionais", acrescentou a DSCA.
Helicóptero militar CH-47 Chinook
Boeing CH-47 Chinook © REUTERS/ Erik De Castro

No total, Riad solicitou 48 helicópteros, 112 motores, 116 dispositivos de navegação do Sistema de Posicionamento Global (GPS), 58 sistemas de alerta de mísseis e 48 metralhadoras, de acordo com a agência.

A Boeing Military Aircraft Company e a Honeywell Aerospace Company serão contratadas para efetuar o possível contrato.

Postar um comentário