Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Única mulher a bordo do submarino argentino desaparecido é oficial pioneira

Eliana María Krawczyk, de 35 anos, é a 'primeira submarinista' da Argentina. O ARA San Juan desapareceu com 44 tripulantes no Atlântico Sul.
G1

Única mulher no submarino militar argentino desaparecido com 44 tripulantes no Atlântico Sul, Eliana María Krawczyk, de 35 anos, é descrita pela imprensa local como primeira oficial submarinista do país e da América do Sul. Ela ocupa o cargo de chefe de armas do ARA San Juan, que perdeu contato com a terra na sexta-feira (17).

Eliana nasceu em Oberá, na província de Misiones, no nordeste da Argentina, e só conheceu o mar aos 21 anos de idade, destaca o perfil do jornal "Clarín". Após se formar no ensino médio, ela se matriculou na Universidade de Misiones para fazer faculdade de Engenharia Industrial.

Duas tragédias familiares levaram Eliana a desistir do curso: a morte de um irmão, em um acidente de trânsito, e a morte da mãe, em decorrência de um problema cardíaco.

Em um perfil publicado em 2015 na revista "Viva", que …

Frente al-Nusra reivindica assassinato do embaixador russo

O grupo terrorista Frente Fatah al-Sham (anteriormente conhecido como Frente al-Nusra) divulgou um documento na Internet em que reivindica assassinato do embaixador russo na Turquia, Andrei Karlov.


Sputnik

O ataque contra Karlov foi realizado na segunda-feira (19) em Ancara durante a inauguração de uma exposição fotográfica. O criminoso atirou várias vezes contra as costas do diplomata, as feridas se revelaram mortais.


Andrei Karlov, embiaxador da Rússia na Turquia, momentos antes de ser baleado por seu assassino em Ancara
Embaixador russo com seu assassino ao fundo © AP Photo/ Burhan Ozbilici

No início do dia, a imprensa turca informou que o número de pessoas detidas pela investigação do assassinato do embaixador aumentou para 13.



Postar um comentário