Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha e Aeronáutica do Brasil auxiliam buscas a submarino argentino desaparecido, diz ministro

Segundo Raul Jungmann, três navios e um avião brasileiros já foram disponibilizados. Última vez que o submarino militar com 44 pessoas a bordo manteve contato com a base foi na quarta-feira (15).
Por G1, Brasília

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, publicou em seu perfil no Twitter neste sábado (18) que três navios da Marinha brasileira "já estão auxiliando" nas buscas a um submarino argentino que desapareceu com 44 tripulantes a bordo.

Ainda segundo o ministro, a Força Aérea Brasileira (FAB) disponibilizou um avião para também ajudar na procura pelo submarino e um segundo avião "será deslocado para apoiar as buscas do submarino argentino desaparecido" a partir deste domingo (19).

O submarino militar ARA San Juan manteve contato com a base pela última vez na manhã de quarta-feira (15), quando estava no sul do Mar Argentino, a 432 quilômetros da costa patagônica do país.

De acordo com a FAB, o primeiro avião disponibilizado pelo Brasil decolou, com 18 tripulantes, às 17…

Índia faz teste com míssil capaz de portar ogiva nuclear

A Índia testou míssil balístico intercontinental Agni-V capaz de portar ogiva nuclear.


Sputnik


Essa notícia foi dada pela edição Times of India na segunda-feira (26). 

Míssil balístico de longo alcance Agni-V durante desfile militar em Nova Deli, Índia
Míssil balístico Agni-V © AP Photo/ Manish Swarup

O lançamento foi realizado às 11h00, horário local (às 03h30, horário de Brasília), a partir do complexo de lançamento na ilha de Wheeler, perto da costa do estado indiano de Odisha. 

"Estão sendo analisados os parâmetros do lançamento-teste do míssil que visa atingir distância máxima. Levará tempo para constatar se o lançamento foi bem-sucedido ou não", informa a fonte citando uma edição de um representante do governo da Índia. 

O míssil de três fases terra-terra Agni-V com alcance de mais de cinco mil quilômetros, possui comprimento de 17 metros, pesando cerca de 50 toneladas. É capaz de portar ogiva nuclear com peso de mais de uma tonelada. 

Esse já é o quarto teste do modelo de míssil Agni-V. Atualmente, a Índia conta com quatro tipos de mísseis da série Agni: Agni-I com alcance de 700 quilômetros, Agni-II – 2 mil quilômetros, Agni-III e Agni-IV – entre 2,5 e 3,5 mil quilômetros. O Agni-V entrará em serviço após testes. Além disso, está sendo desenvolvido o míssil Agni-VI, o qual possui alcance de até 10 mil quilômetros e possibilidade de lançamento a partir de submarino.


Postar um comentário