Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA confirmam linha estratégica de 'desmembramento da Síria', diz analista

Os EUA declararam que não querem restaurar as regiões na Síria que estão sob o controle de Damasco. O especialista Vladimir Fitin explica na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o que busca Washington.
Sputnik

Os EUA não querem ajudar na reconstrução das regiões na Síria que ficam sob o controle do presidente sírio Bashar Assad, declarou um alto funcionário dos EUA após o primeiro dia do encontro dos ministros das Relações Exteriores do G7.


Em janeiro, o Departamento de Estado dos EUA afirmou que Washington não iria ajudar a Rússia, o Irã e Damasco oficial na restauração do país, enquanto a "transformação política" da Síria não se realizasse. Segundo declarou o assistente adjunto do secretário de Estado dos EUA para o Médio Oriente, David Satterfield, a condição da ajuda é a reforma constitucional e eleições sob os auspícios da ONU.

O analista do Instituto dos Estudos Estratégicos da Rússia, Vladimir Fitin, na entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik comentou a decla…

Índia faz teste com míssil capaz de portar ogiva nuclear

A Índia testou míssil balístico intercontinental Agni-V capaz de portar ogiva nuclear.


Sputnik


Essa notícia foi dada pela edição Times of India na segunda-feira (26). 

Míssil balístico de longo alcance Agni-V durante desfile militar em Nova Deli, Índia
Míssil balístico Agni-V © AP Photo/ Manish Swarup

O lançamento foi realizado às 11h00, horário local (às 03h30, horário de Brasília), a partir do complexo de lançamento na ilha de Wheeler, perto da costa do estado indiano de Odisha. 

"Estão sendo analisados os parâmetros do lançamento-teste do míssil que visa atingir distância máxima. Levará tempo para constatar se o lançamento foi bem-sucedido ou não", informa a fonte citando uma edição de um representante do governo da Índia. 

O míssil de três fases terra-terra Agni-V com alcance de mais de cinco mil quilômetros, possui comprimento de 17 metros, pesando cerca de 50 toneladas. É capaz de portar ogiva nuclear com peso de mais de uma tonelada. 

Esse já é o quarto teste do modelo de míssil Agni-V. Atualmente, a Índia conta com quatro tipos de mísseis da série Agni: Agni-I com alcance de 700 quilômetros, Agni-II – 2 mil quilômetros, Agni-III e Agni-IV – entre 2,5 e 3,5 mil quilômetros. O Agni-V entrará em serviço após testes. Além disso, está sendo desenvolvido o míssil Agni-VI, o qual possui alcance de até 10 mil quilômetros e possibilidade de lançamento a partir de submarino.


Postar um comentário