Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares dos EUA prometem responder a possível ataque turco contra cidade síria de Manbij

Os militares norte-americanos prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade síria de Manbij à luz de uma possível operação turca na área, afirmou o comandante do Conselho Militar de Manbij, que faz parte das Forças Democráticas da Síria (FDS), Ebu Adil.
Sputnik

Em entrevista à Sputnik Turquia, Ebu Adil comentou a resposta dos EUA às preocupações expressas pelos representantes do Conselho Militar de Manbij devido a um possível ataque contra a cidade síria por parte de Ancara.


"Há dois anos, em conjunto com as forças da coalizão liderada pelos EUA, nós limpamos Manbij do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países]. Desde então, na cidade se encontram forças da coalizão. Algum tempo atrás, nós falamos com os militares norte-americanos sobre um possível ataque da Turquia contra Manbij. Os militares dos EUA prometeram responder a qualquer ataque contra a cidade, de onde quer que ele provenha", afirmou o comandante do conselho.

Além disso, ele …

Mais de 13 mil civis são evacuados de Aleppo em um dia

Segundo diz o Centro russo para a Reconciliação na Síria, ao longo das últimas 24 horas mais de 13 mil civis foram evacuados das regiões de Aleppo, na Síria, controladas por militantes.


Sputnik


Nesta segunda-feira (12), o Centro russo para a Reconciliação na Síria comunicou que ao longo do último dia mais de 13 mil civis foram evacuados das regiões de Aleppo invadidas por militantes. 


Província de Aleppo, na Síria
Aleppo, Síria © REUTERS/ Rodi Said

"Nestas 24 horas, com a ajuda do Centro russo para a Reconciliação, 13.346 civis, inclusive 5.831 crianças, foram evacuados das regiões que continuam sob o controle dos militantes", diz-se no comunicado divulgado pela organização. 


De acordo com o documento, 728 militantes fugiram de Aleppo oriental. 

Os militares russos também conseguiram neutralizar minas em um território de 7 hectares em Aleppo oriental, incluindo as zonas junto a uma mesquita, a duas escolas e várias estradas.


Postar um comentário