Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Mais de 6.400 pessoas evacuadas de Aleppo oriental em 24 horas

Mais de 6 mil pessoas, incluindo militantes, deixaram Aleppo oriental nas primeiras 24 horas da operação de evacuação, disse o Centro russo para a Reconciliação na Síria na sexta-feira (16). 


Sputnik

"Nas primeiras 24 horas da operação, o Centro retirou nove colunas de ônibus que transportaram 6.462 pessoas, incluindo mais de 3.000 militantes e 301 feridos", disse o centro em um comunicado. 


Sírios evacuados de Aleppo oriental chegam na região de Khan al-Aassal, controlada pela oposição, em 15 de dezembro de 2016, a primeira parada rumo aos campos temporários na periferia de Idlib.
Evacuação de civis em Aleppo, Síria © AFP 2016/ BARAA AL-HALABI

Além disso, o centro também afirmou que a retirada de militantes e respectivas famílias da parte leste de Aleppo para Idlib continua sob a supervisão de militares russo através de drones e câmaras web para impedir quaisquer provocações. Para garantir a segurança, foram criados postos especiais ao longo de toda a rota.

Ao longo dos últimos meses, Aleppo tornou-se um grande campo de batalha na Síria entre as forças governamentais e os militantes rebeldes. Na última terça-feira, o Centro Russo para a Reconciliação na Síria afirmou que o exército sírio obteve o controle de 98% do território de Aleppo.


Postar um comentário