Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: presidente ucraniano mata sua indústria ao introduzir novas sanções contra Rússia

O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, assinou um decreto sobre as sanções contra a Rússia adotadas pelo Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia. O especialista Eduard Popov falou com a Sputnik e indicou qual o principal objetivo perseguido pelo governo ucraniano com tal iniciativa.
Sputnik

Em 2 de maio, o Conselho de Defesa e Segurança Nacional da Ucrânia ampliou as medidas restritivas em relação a diversas pessoas físicas e jurídicas russas, bem como prolongou a vigência das sanções introduzidas anteriormente.

Segundo informou a assessoria de imprensa da entidade, as sanções são aplicadas a pessoas "relacionadas com a agressão no ciberespaço e no campo informacional" contra a Ucrânia, "ações criminosas" contra os cidadãos ucranianos detidos na Rússia, bem como aos deputados da Duma de Estado e do Conselho da Federação da Rússia.

O diretor do Centro de Cooperação Pública e Informativa "Europa", Eduardo Popov, disse ao serviço russo da Rádio Sp…

Militares dos EUA, Israel e Turquia tentam deixar Aleppo junto com terroristas

Muitos dos militares estrangeiros que fazem parte da oposição moderada, que estão em Aleppo oriental, tentam abandonar a cidade junto com terroristas, disse na segunda-feira (19) o representante permanente da Síria na ONU, Bashar Jaafari.


Sputnik

"Muitos dos oficiais estrangeiros – militares e agentes de inteligência, instalados na parte oriental de Aleppo, tentam abandonar o seu baluarte, juntamente com grupos terroristas", disse Jaafari aos jornalistas.


Sírios evacuados das vilas sob o controle dos terroristas perto de Idlib, Aleppo, Síria, 19 de dezembro de 2016
Evacuação de Aleppo © AFP 2016/ GEORGE OURFALIAN

O representante listou nomes e nacionalidades entre as quais há cidadãos da Turquia, EUA, Israel, Qatar, Arábia Saudita, Jordânia e Marrocos.

"Estes representantes da 'oposição moderada' síria de cidadania estrangeira tentam abandonar Aleppo oriental com terroristas", disse Jaafari. 


Além disso, o diplomata sírio declarou que Aleppo será completamente limpa dos terroristas hoje à noite. Segundo ele, os últimos terroristas estão sendo evacuados de suas fortificações. 

Na sexta-feira passada (16), o Ministério da Defesa da Rússia anunciou que Aleppo está sob pleno controle do governo da Síria, tendo, o exército do país, cumprido a operação de libertação dos bairros orientais da cidade. Civis e militares estão saindo da cidade em conformidade com o acordo de cessar-fogo entre os grupos restantes de resistência e as forças governamentais.

Postar um comentário