Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

Militares russos levarão em conta experiência síria no seu treinamento

O ministro da Defesa russo Sergei Shoigu recomendou levar em consideração a experiência das ações militares na Síria no processo de treinamento das Forças Armadas russas.


Sputnik


"Em primeiro de dezembro foi iniciada a temporada de inverno de treinamento das Forças Armadas. Os maiores esforços serão direcionados ao aumento dos indicadores individuais de instrução dos soldados", declarou Shoigu. 


Soldados russos durante treinamento
Soldados russos em treinamento © Sputnik/ Pavel Gerasimov

Na opinião do ministro, um destaque especial deve ser dado às atividades de interação entre os ramos das Forças Armadas, à prática de tarefas táticas e ao uso eficiente das armas e do material militar modernos. 


"É obrigatório tomar em conta a experiência das ações militares na República Árabe Síria", frisou Shoigu. 

O ministro prometeu incorporar a experiência militar na Síria nos programas dos estabelecimentos de ensino militar russos. Segundo ele, já foi aprovado um documento que define as principais áreas no desenvolvimento do ensino militar e da preparação de pessoal até 2020.

Postar um comentário