Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Moscou: ONU faz campanha para desacreditar esforços antiterroristas sírios e russos

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia criticou a posição das Nações Unidas em relação à recente operação em Aleppo conduzida pelas forças sírias.


Sputnik

Segundo a diplomacia russa, a ONU corrobora com a "campanha" de descrédito das operações antiterroristas para libertar Aleppo. 

Resultado de imagem para evacuação aleppo
Operação de evacuação de Aleppo foi suspensa porque os rebeldes atiraram contra os comboios STRINGER/AFP

"Situação em que o secretariado da ONU torna-se parte da campanha do Ocidente para desacreditar os esforços antiterroristas da Síria e da Força Aeroespacial da Rússia", diz o comunicado.

A chancelaria russa também informou que mais de 4 mil pessoas abandonaram os bairros da Aleppo oriental.

"Mais de 4 mil pessoas já saíram dos bairros da região oriental de Aleppo", afirma o ministério russo, acrescentando que participam da evacuação "20 ônibus de passageiros, 10 ambulâncias e automóveis dos próprios militantes, somando cerca de 100 veículos". 

Além disso, Moscou pediu que as estruturas da ONU juntem esforços imediatamente para fornecer ajuda humanitária aos sírios, em particular aos residentes de Aleppo.



Postar um comentário