Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Netanyahu: Irã está criando exército contra Israel

O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, acusou Israel de violar o direito internacional e avisou Tel Aviv sobre as consequências caso o país continue seguindo a mesma linha anti-Irã. Em resposta, o primeiro-ministro israelense respondeu que a Guarda Revolucionária Iraniana pretende destruir o seu país.
Sputnik

Falando durante a sessão do Estado-Maior General das Forças de Defesa Israelenses (IDF, sigla em inglês), o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, criticou as recentes declarações de Teerã em relação a Tel Aviv.


"Hoje ouvi o que disse o chanceler iraniano, acusando Israel de violar direito internacional. Trata-se do ministro do Exterior de um país que envia drones militares contra Israel e mísseis contra a Arábia Saudita. Também ouvi palavras moderadas, e há um abismo enorme entre as palavras e as ações da Guarda Revolucionária [Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica] que está construindo um exército contra Israel com o objetivo declarado…

Operação de retirada de militantes de Aleppo está suspensa

Em 20 de dezembro, somente um ônibus com terroristas, em vez de oito planejados, saiu de Aleppo Oriental.


Sputnik

Essas informações foram confirmadas à Sputnik por uma fonte das forças de segurança sírias.


Soldados sírios na parte oriental de Aleppo, 16 de dezembro de 2016
Soldados sírios em Aleppo © AFP 2016/ STRINGER

Estava previsto que nesse dia oito ônibus levariam os últimos terroristas e suas famílias dos quarteirões de Fua e Kefraya para Idlib. Após isso, a cidade deveria ser declarada livre de terroristas. Mas somente um ônibus saiu da cidade, os militantes não deixaram sair as restantes viaturas. 


A fonte revela que atualmente estão sendo realizadas negociações que visam reiniciar a retirada de militantes de Aleppo. 

Na sexta-feira passada (16), o Ministério da Defesa da Rússia anunciou que Aleppo está sob controle total do governo da Síria e que o exército do país terminou a operação de libertação dos bairros orientais da cidade.

Postar um comentário