Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

Operação de retirada de militantes de Aleppo está suspensa

Em 20 de dezembro, somente um ônibus com terroristas, em vez de oito planejados, saiu de Aleppo Oriental.


Sputnik

Essas informações foram confirmadas à Sputnik por uma fonte das forças de segurança sírias.


Soldados sírios na parte oriental de Aleppo, 16 de dezembro de 2016
Soldados sírios em Aleppo © AFP 2016/ STRINGER

Estava previsto que nesse dia oito ônibus levariam os últimos terroristas e suas famílias dos quarteirões de Fua e Kefraya para Idlib. Após isso, a cidade deveria ser declarada livre de terroristas. Mas somente um ônibus saiu da cidade, os militantes não deixaram sair as restantes viaturas. 


A fonte revela que atualmente estão sendo realizadas negociações que visam reiniciar a retirada de militantes de Aleppo. 

Na sexta-feira passada (16), o Ministério da Defesa da Rússia anunciou que Aleppo está sob controle total do governo da Síria e que o exército do país terminou a operação de libertação dos bairros orientais da cidade.

Postar um comentário