Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Avança ofensiva antiterrorista do Exército sírio no sul de Damasco

O exército sírio avançou hoje em sua ofensiva contra os terroristas do grupo Estado Islâmico ao destruir túneis e trincheiras erguidas na localidade de Hayyar Asswad e no Acampamento de Refugiados Palestinos de Yarmouk.
Prensa Latina

Damasco - Segundo fontes militares, com os ataques aos refúgios dos radicais do Estado Islâmico e da Frente al-Nusra, as tropas governamentais limitaram os movimentos dos takfiristas entre Qadam e Hayyar Asswad, no sul de Damasco.


De acordo com os informes, nas últimas horas o Exército tomou o controle das instalações de Joura, na parte oriental do bairro Qadam, e avançou nos distritos de Yalda e Bebila, vizinhos de Yarmouk.

Desde a última quinta-feira, a aviação síria e tropas terrestres realizam fortes bombardeios contra os grupos extremistas, com a determinação de libertar as áreas que esses grupos ocupam atualmente.

Até o momento, um elevado número de jihadistas, entre eles cinco cabeças emires, foram abatidos pelas tropas governamentais em aliança com br…

Por que porta-aviões russo Admiral Kuznetsov é melhor que os rivais da OTAN? (VÍDEO)

O canal russo Zvezda publicou na Internet um vídeo no qual o lendário porta-aviões da Frota do Norte da Rússia, Admiral Kuznetsov, supera seus análogos da OTAN.


Sputnik

Nas imagens é possível ver como o caça russo Su-33 levanta voo a partir do convés do Admiral Kuznetsov. Essa manobra constata que o sistema de decolagem russo possui diferenças fundamentais se comparado ao da Aliança Atlântica.


 Caças Su-33 a bordo do porta-aviões russo Admiral Kuznetsov
Porta-aviões russo Admiral Kuznetzov © flickr.com/ AereiMilitari.org

Para acelerar um avião, a OTAN utiliza o sistema de decolagem com ajuda de catapulta que é bastante caro e nem sempre seguro. Ao contrário, o porta-aviões Admiral Kuznetsov usa um trampolim que facilita e torna mais eficaz a decolagem.

Após cumprir uma missão militar, aviões e helicópteros – com alas e hélices montáveis – são estacionados em grandes hangares do convés, onde os técnicos fazem verificação dos seus sistemas de funcionamento e abastecem as aeronaves.

Desde 15 de outubro, o Admiral Kuznetsov está no Mediterrâneo, chefiando o grupo naval da Frota do Norte composto pelo cruzador Pyotr Veliky, os destróieres antisubmarinos Severomorsk e Vitse-Admiral Kulakov e navios de suporte. Em 17 de novembro, os caças Su-33 com base no porta-aviões Admiral Kuznetsov realizaram ataques maciços contra alvos dos militantes na Síria, mais especificamente, centros de comando, depósitos de munições, material militar e instalações usadas para produção de armas.



Postar um comentário