Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

VÍDEO mostra fragata norueguesa afundando, tendo colidido após manobras da OTAN

A mídia divulgou novos vídeo e fotos da fragata norueguesa KMN Helge Ingstad, que colidiu com o navio petroleiro Sola TS junto à costa norueguesa em circunstâncias desconhecidas ao regressar das manobras da OTAN.
Sputnik

A fragata ficou com um grande rombo a estibordo atravessando a linha de água, sete marinheiros ficaram feridos. A tripulação abandonou o navio acidentado, que depois foi rebocado para águas menos profundas para evitar seu afundamento total.


Uns dias após o acidente (8), a fragata continua parcialmente acima da superfície da água, mas está completamente assente no fundo. Mais de 10 toneladas de combustível para helicópteros vazou para o mar.

Até o momento, não há nenhumas informações sobre o estado do armamento a bordo, incluindo mísseis de cruzeiro e antiaéreos, torpedos e artilharia.

O petroleiro Sola TS, por sua parte, não sofreu nenhum dano durante a colisão.

As razões do incidente estão sendo investigadas. Entre as possíveis causas estão a navegação da fragata em reg…

Rússia ainda não alcançou acordo com EUA sobre saída de terroristas de Aleppo

O vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Rybakov, declarou hoje (11), em entrevista à Sputnik, que Moscou e Washington ainda não alcançaram acordo sobre a questão da saída de combatentes de Aleppo. 


Sputnik

Mais cedo, a oposição síria relatou à Reuters que os dois países teriam oferecido um acordo aos combatentes para uma evacuação segura da cidade síria através de corredores humanitários. 


Exército sírio toma bairro de Meisar, em Aleppo Oriental
Exército sírio em Aleppo © Sputnik


“Aquilo o que é relatado pelas mídias do Ocidente não necessariamente corresponde à realidade. O mais importante a se destacar a esse respeito é que nós – a Rússia, o nosso grupamento na Síria, adotamos faz tempo todas as medidas necessários para criar condições para uma saída segura de Aleppo para quem se encontra naquela cidade” – disse Rybakov.

Nas suas palavras, “a questão da saída dos combatente é assunto para negociações a parte com os EUA. (…) Esse acordo ainda não foi alcançado muito pelo fato de os EUA baterem o pé sobre parâmetros inaceitáveis, que de fato garantem total liberdade de locomoção àqueles que hoje lutam contra o exército do governo sírio”.

Nesse sentido, Rybakov destacou que “não está em questão” qualquer diálogo sobre uma proposta conjunta entre Rússia e EUA à oposição síria em Aleppo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas