Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Rússia diz ter matado líder do Estado Islâmico no Cáucaso Norte

Rustam Aselderov foi morto por agentes do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB)


EFE


O líder do Estado Islâmico (EI) no Cáucaso Norte, Rustam Aselderov, foi morto por agentes do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) em uma operação realizada na República do Daguestão, segundo um comunicado oficial divulgado neste domingo (4). 

Resultado de imagem para Rustam Aselderov
Rustam Aselderov

Aselderov dirigia a organização terrorista Vilayat Kavkaz, vinculada ao EI, de acordo com o FSB. Na mesma operação, morreram também quatro terroristas de seu círculo mais próximo, segundo o canal de televisão russo "RT".

Os agentes especiais surpreenderam os cinco homens em uma casa próxima à capital da república, Mahatchkala, e eles reagiram com fuzis de assalto, segundo o comunicado divulgado.

O FSB acusa Aselderov de jurar lealdade ao EI em 2014 e de vários assassinatos e atentados em diferentes cidades russas, como o de Volgogrado, em 2013, que causou 18 mortos e deixou dezenas de feridos.




Postar um comentário

Postagens mais visitadas