Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia adverte exército sírio contra entrada em Manbij

O comunicado foi divulgado poucos dias depois de pelo menos quatro soldados americanos terem sido mortos em um atentado suicida na cidade de Manbij, no norte da Síria, cuja responsabilidade foi assumida pelo Daesh (grupo terrorista proibido em Rússia e em vários outros países).
Sputnik

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores turco, Hami Aksoy, alertou as Forças Armadas do governo sírio para que não tentassem entrar na cidade de Manbij, localizada no norte da Síria.


"Às Unidades de Proteção Popular curdas na Síria (YPG) não deveria ser permitido deixar que as forças do regime [do presidente sírio Bashar Assad] entrem em Manbij", disse Aksoy em uma entrevista coletiva na sexta-feira (18). Ele também destacou que "a retirada das tropas norte-americanas da Síria não deveria ajudar os terroristas das YPG e do Partido de União Democrática curdo (PYD)".

As declarações foram feitas depois que nesta quarta-feira (16) na cidade síria de Manbij ocorreu uma explosão em u…

Segundo Jane’s, FAB quer jatos de treinamento e mais caças Gripen

Alexandre Galante | Poder Aéreo

O site Jane’s noticiou que a Força Aérea Brasileira (FAB) busca adquirir aviões de caça adicionais, assim como treinadores avançados, segundo o tenente-brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato, comandante da FAB. 


Resultado de imagem para gripen
JAS 39 Gripen

A FAB buscaria uma potencial compra futura de cerca de 50 aviões além dos 36 do atual programa F-X2, para substituir os caças F-5EM/FM Tiger II e os AMX A-1A/B que devem ser retirados de serviço ao longo dos próximos 10 anos. Essa oportunidade acabará por envolver uma competição internacional aberta aos licitantes interessados, disse o Brigadeiro Rossato.

As entregas do Gripen estão previstas para 2019-24 e a Saab está investindo no Brasil para garantir o envolvimento da indústria local.

A surpresa é que a FAB também estaria considerando uma aeronave de treinamento avançado, de acordo com o tenente Brig Rossato. Nenhuma decisão foi tomada, mas estão em curso estudos para a aquisição. Os aviões desenvolvidos para o programa de treinamento da Força Aérea dos EUA pela Boeing/Saab e Northrop Grumman poderiam competir, bem como os aviões Lockheed Martin / KAI T-50 Golden Eagle, M-346 da Leonardo, Textron AirLand Scorpion, BAE Systems Hawk AJT, Irkut Corporation Yak-130, AERO Vodochody Aerospace L-159, e outros. Além de treinamento, uma aeronave desse tipo também poderia funcionar em um papel de apoio aéreo aproximado (CAS).



Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas