Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Turquia acionará judicialmente os EUA, caso entregas dos F-35 sejam bloqueadas

Segundo o porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, a Turquia recorrerá a medidas jurídicas caso as entregas dos F-35 sejam bloqueadas pelos EUA.
Sputnik

Ibrahim Kalin citou para a mídia turca que "não é nada fácil rescindir este contrato, somos parte de um contrato multilateral, cumprimos com todas as exigências e pagamos, caso os EUA não cumpram, recorreremos à lei".

O Congresso americano decidiu recentemente suspender as entregas dos caças americanos de quinta geração F-35 à Turquia devido aos planos de Ancara de adquirir o sistema de defesa antiaérea russo S-400, além de ameaçá-la com sanções em diversas ocasiões, como citado em artigo da Sputnik Mundo.

O avançado sistema antiaéreo S-400 Triumph (SA-21 Growler, na classificação da OTAN) é capaz de abater alvos aéreos com tecnologia furtiva, mísseis de cruzeiro e mísseis balísticos táticos e táticos-operacionais, tem um alcance de até 400 km e pertence à geração 4+, sendo duas vezes mais eficaz que seus antecessores.

Os se…

Sem acordo, 'Idlib será a próxima Aleppo', alerta enviado da ONU para a Síria

A cidade síria de Idlib, onde se refugiaram os rebeldes e suas famílias evacuadas de Aleppo durante o avanço do exército sírio, corre o risco de se tornar "a próxima Aleppo", disse nesta quinta-feira (15) o enviado da ONU para a Síria, Staffan de Mistura. 


Sputnik

"Se não houver um acordo político e de cessar-fogo, Idlib se tornará a próxima Aleppo", disse Mistura, em entrevista coletiva em Paris.


Soldados da artilharia do exército sírio na província de Idlib, no noroeste da Síria (foto de arquivo)
Idlib, Síria © Sputnik/ Ilya Pitalev

O enviado da ONU também julgou ser uma prioridade da organização internacional enviar funcionários para supervisionar a evacuação de Aleppo.

De acordo com o Centro para a Reconciliação na Síria russo, um segundo comboio de ônibus e automóveis saiu do leste de Aleppo nesta quinta-feira, levando rebeldes que depuseram as armas, bem como suas famílias, “por uma rota especial do distrito de Salah al-Din no bairro de Rashidin-4, onde eles serão transferidos para outros veículos para seguir para Idlib". 


Ao longo dos últimos meses, Aleppo tornou-se um grande campo de batalha na Síria entre as forças governamentais e os militantes rebeldes. Na última terça-feira (13), foi anunciado que o exército sírio já estava na posse de controle sobre 98% do território da cidade.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas