Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

ONG: EUA mobiliza terroristas no sul da Síria para atacar Ghouta Oriental

Os militares norte-americanos estão mobilizando combatentes de diversos grupos armados com objetivo de atacar os subúrbios orientais de Damasco, disse à Sputnik o chefe da rede de direitos humanos na Síria, Ahmad Kazem.
Sputnik

"Neste momento os EUA estão juntando os combatentes do Daesh e outros grupos, inclusive os de Idlib, e tenta os transferir para At-Tanf e depois para Ghouta Oriental (subúrbio de Damasco), com objetivo de se contrapor ao exército sírio, que pretende liberar a região dos terroristas", disse Kazem. 


Segundo o defensor dos direitos humanos, os financiadores da Arábia Saudita ordenaram que os terroristas já localizados em Guta Oriental empreendam o máximo dos esforços para resistir às tropas de Damasco.

"Eles continuarão a atacar Damasco de forma caótica com seus morteiros", acrescentou o entrevistado.

Os terroristas, que tomaram o subúrbio oriental de Damasco, continuam a disparar contra os bairros centrais e residenciais da capital síria. Nesta qui…

Sem acordo, 'Idlib será a próxima Aleppo', alerta enviado da ONU para a Síria

A cidade síria de Idlib, onde se refugiaram os rebeldes e suas famílias evacuadas de Aleppo durante o avanço do exército sírio, corre o risco de se tornar "a próxima Aleppo", disse nesta quinta-feira (15) o enviado da ONU para a Síria, Staffan de Mistura. 


Sputnik

"Se não houver um acordo político e de cessar-fogo, Idlib se tornará a próxima Aleppo", disse Mistura, em entrevista coletiva em Paris.


Soldados da artilharia do exército sírio na província de Idlib, no noroeste da Síria (foto de arquivo)
Idlib, Síria © Sputnik/ Ilya Pitalev

O enviado da ONU também julgou ser uma prioridade da organização internacional enviar funcionários para supervisionar a evacuação de Aleppo.

De acordo com o Centro para a Reconciliação na Síria russo, um segundo comboio de ônibus e automóveis saiu do leste de Aleppo nesta quinta-feira, levando rebeldes que depuseram as armas, bem como suas famílias, “por uma rota especial do distrito de Salah al-Din no bairro de Rashidin-4, onde eles serão transferidos para outros veículos para seguir para Idlib". 


Ao longo dos últimos meses, Aleppo tornou-se um grande campo de batalha na Síria entre as forças governamentais e os militantes rebeldes. Na última terça-feira (13), foi anunciado que o exército sírio já estava na posse de controle sobre 98% do território da cidade.


Postar um comentário