Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Águas 'quentes' da Síria: fragata russa persegue submarino nuclear dos EUA

Durante sua última missão no mar Mediterrâneo em abril passado, a fragata Admiral Essen da Marinha russa conseguiu detectar e perseguir um submarino nuclear dos EUA perto da costa síria. Essa informação foi só agora tornada pública.
Sputnik

A fragata Admiral Essen, pertencente à Frota do Mar Negro, perseguiu o submarino estadunidense da classe Ohio durante mais de duas horas, comunica o jornal russo Izvestiya, citando o Estado-Maior da Marinha russa.

A tripulação do navio russo registrou os parâmetros principais do submarino para, em seguida, os adicionar ao retrato acústico do submersível.

A fragata havia partido para o mar Mediterrâneo em março e regressou à base de Sevastopol no fim de junho. Encontrava-se na zona costeira síria quando os EUA, o Reino Unido e a França atacaram a Síria com mísseis.

Além disso, no decurso da missão, a sua tripulação realizou uma série de manobras táticas. Em particular, treinou ataques contra alvos marítimos e aéreos, combate em grupo e isolado, bem como…

Turquia e Exército Livre da Síria bombardeiam povoados curdos

Os militares turcos e destacamentos do Exército Livre da Síria estão realizando ataques contra o cantão de Afrin, localizado ao norte da fronteira sírio-turca e que está sob controle do Partido da União Democrática curda.


Sputnik


O ministro da Defesa do cantão do Afrin, Abdo Ibrahim, informou à Sputnik Turquia que povoados perto de Afrin, localizado entre Al-Bab e Manbij, estão sendo sujeitos a ataques da Força Aérea da Turquia e dos destacamentos do Exército Livre da Síria que usam armamento pesado. Segundo disse Ibrahim, o lado turco bombardeia com obuses, enquanto o Exército Livre da Síria usa morteiros e lançadores múltiplos de foguetes Katyusha. 

Membros do Exército Livre da Síria
Militantes do Exército Livre da Síria © REUTERS/ Msallam Abd Albaset

"Nos últimos dias, os militares turcos e os destacamentos do Exército Livre da Síria intensificaram os ataques contra o cantão. Ontem, na direção do povoado de Kitne, que faz parte de Afrin, foram lançadas seis granadas de morteiro e realizados ataques com mísseis. Os ataques resultaram em feridos entre civis. Além disso, morreu um soldado nosso, membro dos destacamentos da milícia que garante a defesa do cantão", afirmou o ministro da Defesa do cantão do Afrin. 

Segundo disse Ibrahim, "os feridos foram levados aos hospitais da cidade de Afrin. O estado de saúde de alguns deles é grave. Quaisquer que sejam os ataques, o povo de Afrin continuará protegendo seus povoados e a sua cidade". 

Ibrahim também apontou que por vezes Afrin sofre ataques do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia), mas os habitantes conseguem repelir seus ataques.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas