Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Adeus a tecnologias 'stealth': novo radar russo pode detectar aviões furtivos

Tecnologias russas capazes de detectar aviões furtivos do inimigo podem vir a fazer parte do sistema da defesa antiaérea unida da OTSC – Organização do Tratado de Segurança Coletiva, declarou o chefe do Estado-Maior Conjunto da aliança, Anatoly Sidorov.
Sputnik

Inovações russas capazes de desativar tecnologias furtivas do inimigo podem vir a ser usadas na criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, declarou militar, citado pelo jornal Rossiyskaya Gazeta. Sidorov comentou que essas inovações seriam eficazes tanto contra aviação do inimigo como contra ataques com mísseis.



O sistema Rezonans-NE funciona graças ao princípio de reflexão ressonante de ondas de rádio da superfície de aparelhos aéreos, facilitando vigilância de aeronaves e mísseis do inimigo, explicou Aleksandr Scherbinko, vice-diretor executivo da empresa de design Rezonans.

"Este modelo pode ser de grande interesse, levando em consideração criação do sistema de defesa antiaérea unida da OTSC, cuja inauguração est…

Apoio aéreo: qual é o papel dos Tu-22M3 russos na Síria? (video)

Nos últimos dias, os bombardeiros russos Tu-22M3 realizaram ataques contra o Daesh na província de Deir ez-Zor, na região norte da Síria.


Sputnik

A grande distância entre a Rússia e a Síria não é um problema para estes aviões, que sobrevoaram o Irã e o Iraque até atingirem os alvos. 


Bombardeiros estratégicos russos Tu-22M3
Tupolev Tu-22M3 | Host photo agency

Nos últimos dias, os bombardeiros de longo curso Tupolev Tu-22M3 cumpriram eficazmente as suas missões contra os terroristas na Síria, comunicou o Ministério da Defesa da Rússia.

"Os ataques dos Tu-22M3 contra os terroristas em Deir ez-Zor contribuem para a libertação rápida da toda a região norte da República árabe da Síria e para a recuperação posterior da economia na província síria de Aleppo, mais desenvolvida em termos industriais", disse o analista político Aleksander Perendzhiev, da Universidade de Economia Plekhanov à Sputnik.

Nesta situação, o papel dos Tu-22M3 é muito importante. Eles têm como objetivo eliminar alvos terrestres e marítimos com mísseis e bombas aéreas.

Segundo Perendzhiev, a libertação da província de Aleppo é o objetivo estratégico que permitirá às forças governamentais da Síria restabelecerem o controle sobre a parte norte do país.



Postar um comentário