Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialistas: aumenta o risco de guerra entre os EUA, a Rússia e a China

O desenvolvimento de novos tipos de armas nucleares de "baixa potência" aumenta o risco de uma guerra entre os EUA, a Rússia e a China, segundo especialistas consultados por Newsweek.
Sputnik

O Pentágono está desenvolvendo dois novos tipos de armas nucleares, para acompanhar os progressos da Rússia e da China nesse terreno. Os especialistas tiveram acesso às minutas do projeto de doutrina nuclear norte-americana, que acusa Moscou e Pequim de ampliar as suas capacidades nucleares. 


Esse documento afirma a necessidade de "desenvolver e incorporar novos meios de contenção e de defesa dos objetivos, quando a contenção não funciona".

Entre outras medidas, o projeto revela a intenção de desenvolver ogivas nucleares de baixa potência para mísseis Trident, utilizados por submarinos da classe Ohio. Além disso, o departamento de Defesa dos EUA planeja desenvolver um míssil nuclear de baixa potência para suas bases marítimas.

O Pentágono considera o atual arsenal nuclear a disposi…

Ares, subsidiária da Elbit Systems, vai produzir Estações de Armas Remotas no Brasil

A REMAX é uma estação de armas estabilizada para metralhadoras de 12,7 / 7,62 mm para ser usada em veículos blindados e veículos de logística



Forças Terrestres

A Ares, subsidiária brasileira da Elbit Systems, fornecerá às Forças Armadas brasileiras, estações de armas controladas remotamente (Controled Weapon Stations – RCWS) durante um período de cinco anos, apoiando vários programas de veículos blindados.


Resultado de imagem para remax
REMAX

A empresa Aeroespacial e Defesa S.A. (“Ares”) anunciou no dia 8 de janeiro a adjudicação de um contrato-base do Ministério da Defesa brasileiro, no valor total de aproximadamente US$ 100 milhões, para fornecer RCWS de 12,7/7,62 mm ao Exército Brasileiro. As estações, denominadas REMAX, serão fornecido por um período de cinco anos. Uma encomenda de produção inicial, avaliada em aproximadamente US$ 7,5 milhões, foi recebida.

A REMAX é uma estação de armas estabilizada para metralhadoras de 12,7/7,62 mm que foi especificamente projetada pela Ares para atender às exigências do Exército Brasileiro como parte do programa VBTP. O sistema foi testado com sucesso em veículos Guarani 6×6 do Exército Brasileiro. A estação será usada em veículos blindados e veículos de logística utilizados em combate para transporte de tropas, patrulha de fronteira e missões de manutenção da paz. Alguns dos veículos brasileiros VBTP também estão armados com uma estação de arma maior com um canhão automático de 30mm.

Como principal subcontratada do programa Guarani, a AEL recebeu em 2011 um contrato-base avaliado em até US$ 260 milhões, para o fornecimento de torres UT30 BR de 30 mm não tripuladas às Forças Terrestres do Exército Brasileiro. O contrato exige que a UT30 BR da Elbit Systems seja instalada a bordo de centenas de VBTP Iveco 6×6. Um ano depois, em 2012, a empresa recebeu uma encomenda de US$ 25 milhões para o desenvolvimento e fornecimento inicial de estações de armas REMAX.


Postar um comentário