Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Caça russo da geração 4++: MiG-35 passará por testes em fevereiro

O caça modernizado MiG-35 russo será entregue para passar por testes governamentais no início de fevereiro, comunicou nesta quarta-feira (18) o jornal Izvestia. 


Sputnik

Mais cedo, durante a sua visita ao gabinete de projetos militares Fakel, o vice-premiê russo, Dmitry Rogozin, comunicou que os testes aéreos do caça MiG-35 se iniciarão oficialmente em janeiro de 2017.

Um voo de demonstração do caça russo da geração 4++ MiG-35
Mig 35 © Sputnik/ Ramil Sitdikov

"No início de fevereiro, o veículo de combate multifuncional, que alcança alvos terrestres e aéreos de modo igualmente eficiente, será entregue ao governo para testes", diz a edição Izvestia, referindo-se a várias fontes da indústria de construção de aviões e do Ministério da Defesa russo.

Segundo o jornal, a aeronave já está pronta para ser entregue. 

"Sinceramente, há algumas dificuldades com os equipamentos de bordo. Mais precisamente com o radar Zhuk. Mas tais problemas não chegam a ser críticos. Resolveremos em breve", comunicou uma das fontes. 

Um representante da Corporação Conjunta da Construção de Aviões afirmou que MiG-35 está a alto nível de prontidão, mas decidiram não comentar as datas de apresentação oficial e testes governamentais. 

O MiG-35 é caça multifuncional da geração 4++. A aeronave é uma versão aperfeiçoada dos aviões de assalto MiG-29M/M2 e Mig-29K/KUB.


Postar um comentário