Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Área militar do governo brasileiro demonstra desconforto com suspensão de investigação do caso Queiroz

Integrantes da área militar do governo demostraram desconforto com o pedido de suspensão da investigação para apurar movimentações financeiras de Fabricio Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).
Por Gerson Camarotti | G1

A avaliação de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro é que essa decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), só faz prolongar o desgaste provocado pelo caso.

O ministro Luiz Fux atendeu pedido do deputado estadual e senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), de quem Queiroz foi assessor. O Coaf apontou movimentação de R$ 1,2 milhão em uma conta bancária de Queiroz durante um ano sem que houvesse esclarecimento.

Para esses auxiliares, foi uma surpresa a solicitação feita por Flávio Bolsonaro para suspender as investigações.

“Ainda não há uma explicação convincente. Enquanto isso não acontecer, o desgaste desse caso vai continuar. Já está demorando demais”, comentou ao blog um auxilia…

Caças MiG-31 realizam 'combate aéreo' a velocidade hipersônica

Um grupo de caças MiG-31 da base aérea da Aviação Naval da Frota do Pacífico realizou um combate com um inimigo convencional a velocidades hipersônicas e efetuou uma intercepção de um alvo prescrito no espaço aéreo da Kamchatka (península localizada no Extremo Oriente russo).


Sputnik


"Os pilotos efetuaram a decolagem em tempo normativo, realizaram as buscas de um violador convencional da fronteira aérea e depois se lançaram ao ataque, efetuando uma manobra antimíssil contra os mísseis do ‘inimigo'. Além disso, as tripulações do MiG-31 trabalharam elementos de pilotagem dois a dois e um voo em formação fechada de combate", comunicou aos jornalistas o chefe do Departamento de Informações da Assessoria de Imprensa da circunscrição militar oriental da Frota do Pacífico.

Caça da geração 4++ decola durante os exercícios da aviação de caças na região de Primorie
Mig 31 © Sputnik/ Vitaly Ankov

Segundo destacou o comandante da esquadrilha de caças e tenente coronel Sergei Koderle, os pilotos conseguiram cumprir os tempos normativos e liquidaram um alvo aéreo convencional apesar das complexas condições meteorológicas.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas