Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Vários mortos no confronto entres as forças de Maduro e rebeldes armados

Desfecho sangrento aconteceu durante a operação de captura de Óscar Pérez, que está entre os mortos.O piloto sobrevoou prédios do governo com um helicóptero roubado da polícia em junho do ano passado
Maolis Castro e Florantonia Singer | El País

Vários integrantes do grupo liderado pelo ex-policial Óscar Pérez morreram em um confronto com um coletivo – civis armados chavistas – e um comando da Força de Ações Especiais da Polícia Nacional, em que também morreram dois agentes e um militante chavista. Outros cinco membros do grupo foram presos em uma casa na região de El Junquito, no oeste de Caracas. 

O Governo venezuelano confirmou no início desta tarde que o próprio Pérez está entre os mortos. Seu nome se tornou conhecido em junho, quando roubou um helicóptero da polícia e sobrevoou a sede do Supremo Tribunal de Justiça e do Ministério do Interior. Nunca, em 18 anos de chavismo, ocorreu algo parecido na Venezuela.


O ex-inspetor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalística…

Caças MiG-31 realizam 'combate aéreo' a velocidade hipersônica

Um grupo de caças MiG-31 da base aérea da Aviação Naval da Frota do Pacífico realizou um combate com um inimigo convencional a velocidades hipersônicas e efetuou uma intercepção de um alvo prescrito no espaço aéreo da Kamchatka (península localizada no Extremo Oriente russo).


Sputnik


"Os pilotos efetuaram a decolagem em tempo normativo, realizaram as buscas de um violador convencional da fronteira aérea e depois se lançaram ao ataque, efetuando uma manobra antimíssil contra os mísseis do ‘inimigo'. Além disso, as tripulações do MiG-31 trabalharam elementos de pilotagem dois a dois e um voo em formação fechada de combate", comunicou aos jornalistas o chefe do Departamento de Informações da Assessoria de Imprensa da circunscrição militar oriental da Frota do Pacífico.

Caça da geração 4++ decola durante os exercícios da aviação de caças na região de Primorie
Mig 31 © Sputnik/ Vitaly Ankov

Segundo destacou o comandante da esquadrilha de caças e tenente coronel Sergei Koderle, os pilotos conseguiram cumprir os tempos normativos e liquidaram um alvo aéreo convencional apesar das complexas condições meteorológicas.


Postar um comentário