Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Pyongyang: 3 porta-aviões perto da Coreia do Norte são uma ameaça de guerra nuclear

A ONU "fecha os olhos aos exercícios de guerra nuclear dos EUA, que estão empenhados em causar um desastre catastrófico para a humanidade", declarou o embaixador norte-coreano na ONU, Ja Song-nam.
Sputnik

As autoridades norte-coreanas classificaram na segunda (13) o deslocamento sem precedentes de 3 grupos de porta-aviões dos EUA para a zona da península da Coreia como uma "postura de ataque".


O representante norte-coreano permanente na ONU, Ja Song-nam, expressou em uma carta enviada ao secretário-geral da ONU o descontentamento do seu governo com os exercícios militares de Seul, Tóquio e Washington. Estes, segundo o diplomata, estão criando "a pior situação para a península da Coreia e seus arredores".

"Os EUA são os principais responsáveis por escalar as tensões e comprometer a paz", declarou Ja Song-nam.

Além da presença de 3 porta-aviões estadunidenses (Nimitz, Ronald Reagan e Theodore Roosevelt), Washington continua realizando voos de bombarde…

Congresso norte-americano declina proposta de privar Trump de acesso ao botão nuclear

Apesar do descontentamento de vários congressistas, o Congresso norte-americano decidiu não examinar o projeto de lei que limitaria os poderes do presidente relativamente à utilização de armas nucleares.


Sputnik


O Congresso dos EUA não vai debater o projeto de lei, anunciou o chefe da Comissão para as Forças Armadas da Câmara dos Representantes, Mac Thornberry. 

O grande botão vermelho
O botão vermelho da guerra nuclear © flickr.com/ wlod

"O chefe da Comissão não considera necessário reexaminar a nossa política de primeiro golpe (nuclear)", declarou Thornberry à Sputnik Internacional.

Segundo ele, o texto do projeto de lei não pode ser sujeito à Comissão para ser discutido. Por isso, os atores da iniciativa não podem contar com a mudança da política nuclear ao introduzir mudanças na Lei da Defesa Nacional para o exercício financeiro de 2018.

Entretanto a revisão deste projeto da lei não pode ser iniciada porque a administração Trump não vai publicar o projeto de orçamento para este período.


Postar um comentário