Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Avança ofensiva antiterrorista do Exército sírio no sul de Damasco

O exército sírio avançou hoje em sua ofensiva contra os terroristas do grupo Estado Islâmico ao destruir túneis e trincheiras erguidas na localidade de Hayyar Asswad e no Acampamento de Refugiados Palestinos de Yarmouk.
Prensa Latina

Damasco - Segundo fontes militares, com os ataques aos refúgios dos radicais do Estado Islâmico e da Frente al-Nusra, as tropas governamentais limitaram os movimentos dos takfiristas entre Qadam e Hayyar Asswad, no sul de Damasco.


De acordo com os informes, nas últimas horas o Exército tomou o controle das instalações de Joura, na parte oriental do bairro Qadam, e avançou nos distritos de Yalda e Bebila, vizinhos de Yarmouk.

Desde a última quinta-feira, a aviação síria e tropas terrestres realizam fortes bombardeios contra os grupos extremistas, com a determinação de libertar as áreas que esses grupos ocupam atualmente.

Até o momento, um elevado número de jihadistas, entre eles cinco cabeças emires, foram abatidos pelas tropas governamentais em aliança com br…

Coreia do Norte desloca 2 mísseis balísticos para perto de Pyongyang

A Coreia do Norte deslocou dois mísseis balísticos novos para o norte da sua capital, Pyongyang, informou canal de televisão japonês NHK, citando uma fonte militar sul-coreana.


Sputnik

Segundo dados da fonte, citados pelo NHK, esses mísseis podem ser equipados com motores modernizados e estão prontos para lançamento em qualquer momento. 


Míssil balístico da Coreia do Norte
Míssil balístico da Coréia do Norte © REUTERS/ KCNA

Mais cedo, satélites americanos e sul-coreanos registraram dois lançadores de foguetes móveis. Foi avançado que Pyongyang poderia realizar um novo lançamento de teste fazendo-o coincidir com a tomada de posse do presidente dos EUA, Donald Trump.

Entretanto, já no 1° de janeiro, na mensagem de Ano Novo à nação, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un declarou abertamente que seu país atingiu a fase final de desenvolvimento de mísseis balísticos intercontinentais.

Conforme dados da agência sul-coreana Yonhap, Pyongyang está construindo mísseis KN-08 com alcance de 13.000 quilômetros, baseados em lançadores de foguetes. Apontando para a ameaça estadunidense, a Coreia do Norte recusa parar as elaborações nucleares e de mísseis, apesar das sanções por parte do Conselho da Segurança da ONU.


Postar um comentário