Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

O que acontece quando desaparece um submarino como o argentino ARA San Juan

As autoridades argentinas continuam com as buscas para tentar localizar o submarino ARA San Juan, que estava em uma missão de treinamento e desapareceu na última quarta com 44 tripulantes a bordo.
BBC Brasil


A Marinha argentina revelou que, no último contato, o subcomandante afirmou que a embarcação apresentava um curto-circuito no sistema de baterias.


O submarino fazia o trajeto entre o Ushuaia, no sul do país, e a base naval de Mar del Plata, mais ao norte, quando deixou de se comunicar e sumiu dos radares. Segundo a Marinha, a tripulação teria comida e oxigênio para mais dois dias.

O governo argentino conta com a ajuda de vários países para realizar as buscas, incluindo Brasil e Estados Unidos.

Mas quais são principais dificuldades em uma operação para localizar um submarino? A BBC tenta responder a esta e a outras perguntas sobre o tema.

Por que submarinos não podem ser detectados?


Os submarinos são construídos para serem difíceis de se encontrar. O papel deles é participar, com frequênc…

Escudo antimíssil: sistema avançado de Israel passa por novos testes com sucesso (video)

O Ministério da Defesa de Israel comunicou sobre o novo teste bem-sucedido do sistema Stunner, que irá integrar o sistema da defesa antimíssil do país.


Sputnik


O Stunner, também conhecido como a Funda de David (David's Sling), produzido junto com os EUA, foi pensado como um elemento intermédio entre o sistema tático Cúpula de Ferro (capaz de interceptar foguetes e mísseis de pequeno alcance) e os sistemas antimísseis de longo alcance Patriot e Hetz (Arrow). 

Teste de Funda de David
Teste do Stunner © AP Photo/ Ministério da Defesa de Israel

"A análise preliminar mostra que todas as missões foram cumpridas com sucesso durante o teste", comunicou o Ministério da Defesa.

Segundo a informação das fontes militares, todos os alvos foram interceptados.

"A informação obtida durante o teste está sendo analisada por engenheiros e vai ser usada durante a produção e deslocamento dos David's Sling", diz o comunicado do ministério.

O sistema é produzido pelas empresas Rafael, Elta e Elbit israelenses e a Raytheon norte-americana. Segundo a mídia de Israel, o sistema Stunner permite interceptar mísseis com alcance entre 70 e 300 quilômetros.




Postar um comentário