Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

EUA deslocarão 24 helicópteros de combate para a Coreia do Sul

Até fevereiro deste ano os EUA planejam implantar na Coreia do Sul 24 helicópteros de combate AH-64 Apache para resistir a possíveis provocações por parte de Pyongyang. 


Sputnik

"Parte do batalhão de helicópteros Apache será temporariamente deslocada para a base aérea de Suwon", cita agência Yonhap as palavras do representante do comando americano. 

Helicópteros AH-64 Apache nos exercícios militares Trident Juncture 2015, da OTAN
AH-64 Apache © REUTERS/ Paul Hanna

Os helicópteros de combate AH-64 Apache devem substituir helicópteros leves 30 OH-58D Kiowa Warrior. Washington espera desta forma aumentar a prontidão de combate dos militares americanos em caso das provocações por parte da Coreia do Norte. 

Ontem, o ex-diplomata norte-coreano que fugiu de Londres para a Coreia do Sul declarou que Pyongyang tem intenções de terminar os trabalhos de elaboração do míssil balístico intercontinental até 2018. 

Segundo a agência Yonhap, os mísseis em questão são os KN-08, com lançadores móveis e alcance superior a 13 mil quilômetros, ou seja, capazes de atingir a parte continental dos EUA.

Mais tarde a chancelaria norte-coreana disse que o país pode lançar o míssil a partir de qualquer lugar e em qualquer hora. 

Ashton Carter, chefe do Pentágono, advertiu que os EUA vão abater o míssil se este ameaçar a segurança nacional norte-americana.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas