Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares norte-americanos acreditam que EUA entrarão em guerra

Quase metade do Exército dos EUA está confiante de que durante o ano de 2019 seu país estará envolvido em um grave conflito armado, de acordo com o Military Times.
Sputnik

Segundo uma pesquisa recente, 46% dos participantes não duvidam que o confronto militar ocorrerá no próximo ano.


A título de comparação, em 2017, apenas 5% dos militares dos EUA esperavam um conflito armado, enquanto 50% descartaram um cenário de guerra e 4% não responderam.

Quanto aos inimigos mais prováveis, os soldados dos EUA mencionaram principalmente a Rússia e a China. Respectivamente, 72% e 69% dos entrevistados escolheram esses dois países.

Além disso, cerca de 57% estão preocupados com a presença de extremistas islâmicos nos Estados Unidos. Em particular, 48% destacaram uma possível ameaça por parte dos grupos terroristas Daesh e Al Qaeda (proibidos na Rússia e em outros países).

EUA enviam caças F-35 mais recentes ao Japão

O corpo de infantaria naval dos EUA enviou ao Japão caças multifuncionais de produção norte-americana mais recente, informa a AFP.


Sputnik


Anteriormente a agência de notícias japonesa Kyodo havia informado que as autoridades da cidade de Iwakuni (província de Yamaguchi) aprovaram a implementação dos F-35 no seu território. Os Estados Unidos planejavam deslocar para a base aérea de Iwakuni 16 aviões para substituir os caças obsoletos F/A-18 e AV-8 Harrier. 

Lockheed Martin F-35
Lockheed Martin F-35 Lightining © flickr.com/ mashleymorgan

Conforme dados dos AFP, o envio dos F-35 ao Japão virou o primeiro deslocamento rápido destes caças para um país estrangeiro. 

Mais cedo presidente eleito Donald Trump havia criticado o alto custo dos caças F-35. O programa da corporação Lockheed Martin (fabricante dos F-35) custou aos contribuintes americanos cerca de 400 bilhões de dólares.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas