Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

Explosão em Bagdá deixa dezenas de mortos

Um homem bomba teria provocado a explosão na manhã desta segunda-feira (2). Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque.


G1


Uma explosão na manhã desta segunda-feira (2) em um mercado em Bagdá, a capital do Iraque, deixou ao menos 24 mortos. A BBC informou que o ataque foi provocado por um homem bomba. O Estado Islâmico reivindicou o ataque em um anúncio divulgado pela agência Amaq, que é ligada à organização terrorista. 

Resultado de imagem para homem bomba cidade sadr bagda
Ataque a bomba em Bagdá, Iraque (Foto: Karim Kadim/AP)

O número de vítimas ainda não está claro. A agência Reuters diz que 24 pessoas morreram. A France Presse afirma que foram 32. Já a BBC indica 35 mortos e mais de 60 feridos.

As vítimas do atentado são em sua maioria trabalhadores que esperavam para ser contratados em uma praça de Cidade Sadr, um bairro situado no nordeste de Bagdá que já foi palco de vários atentados mortíferos no passado, segundo a France Presse.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas