Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Argentina concorda em construir bases norte-americanas em seu território

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, aprovou a construção no país de várias bases militares dos EUA, informou no sábado (21) o portal mexicano Aristegui Noticias com referência a fontes informadas.
Sputnik

De acordo com o portal, trata-se de ao mínimo três bases militares a serem construídas nas províncias de Neuquén (onde fica a jazida de gás de xisto Vaca Muerta), Misiones e Tierra del Fuego, de onde se pode controlar a Antártida.

A sua criação deve ser financiada pelo Comando Sul dos EUA. Um dos principais adeptos da criação de bases seria a ministra da Segurança da Argentina, Patricia Bullrich.

Além disso, nota o portal mexicano, a ministra elogiou a chegada ao país de instrutores americanos que efetuam a preparação dos policiais argentinos antes da cúpula do G20 em novembro. Isso viola as atuais leis argentinas, porque é necessário obter a autorização do Congresso para tais ações, algo que não foi feito.

Forças iraquianas eliminam 2 campos militares do Daesh

A Força Aérea do Iraque bombardeou, na província de Anbar, dois campos militares de treinamento de terroristas do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia). Pelo menos 45 combatentes foram eliminados, informa a Sputnik Árabe, citando declarações do comando.


Sputnik

Os ataques aéreos foram realizados na cidade de Al-Qaim, o último baluarte do Deash na província de Anbar, revela a Sputnik Árabe.


Forças governamentais do Iraque perto da cidade de Hit, na província de Anbar, 18 de março 2016
Tropas iraquianas © AFP 2016/ MOADH AL-DULAIMI

Segundo dados dos militares iraquianos, no primeiro campo militar foram mortos 15 terroristas, no segundo — cerca de 30, e mais 25 combatentes foram feridos. Além disso, munições e equipamento bélico do Daesh armazenados nos campos foram também destruídos.

Os militares do Iraque iniciaram ações militares ativas no oeste da província de Anbar, realizando, ao mesmo tempo, a operação contra o Daesh em Mossul, no norte do país.

A maior parte da província de Anbar, incluindo as cidades de Ramadi e Faluja, foi libertada do Daesh em 2016.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas