Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Exército sírio bombardeia terroristas restantes no sul do país (VIDEO)

O exército sírio retomou os ataques de artilharia maciços contra os terroristas restantes na região de Tulul al Safa no deserto de As-Suwayda, no sul do país, depois de eles terem violado a trégua, segundo uma fonte do Exército.
Sputnik

De acordo com uma fonte que falou com a Sputnik Árabe, na terça-feira (16), o Exército sírio e os terroristas que ocupam as colinas de Tulul al Safa firmaram um acordo de cessar-fogo, segundo o qual os combatentes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) se comprometeram a entregar as armas depois de serem cercados e sem saída.


Contudo, na manhã da quarta-feira (17) os terroristas atacaram as unidades do Exército sírio. Por sua vez, os soldados repeliram o ataque com êxito e contra-atacaram. Como resultado, dezenas de militantes foram mortos ou feridos. O Exército resolveu retomar os ataques maciços com peças de artilharia apoiadas do ar, tendo como objetivo eliminar as forças terroristas restantes até a épo…

Índia e Vietnã negociam acordo sobre fornecimento de sistemas de mísseis Akash

O Vietnã está negociando com Índia a aquisição de mísseis antiaéreos Akash, informa o jornal Times of India.


Sputnik


Segundo a fonte citada pela edição, "se trata de sistemas de mísseis fabricados com 96% de peças indianas". 

Sistema de mísseis antiaéreos Akash, da Índia
Sistema de mísseis antiaéreos Akash © AFP 2016/ JUNG YEON-JE

Antes, o ministro da Defesa da Índia Manohar Parrikar informou que, além do Akash, o Vietnã se mostra interessado em mísseis de cruzeiro de fabricação russo-indiana BrahMos. No entanto, um acordo sobre esses mísseis será complicado, já que os BrahMos contam com 60% de componentes russos. 

O Vietnã procura não só adquirir sistemas de mísseis antiaéreos Akash, com alcance de 25 quilômetros, como também obter acesso às tecnologias que possibilitem a fabricação conjunta. 

Times of India aponta que recentemente o Vietnã e a Índia têm demonstrado elevado interesse em cooperar na área da defesa em contexto de eventual reforço do potencial militar da China.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas