Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

TOA - MPF quer que Exército consulte indígenas antes de instalar microcentral hidrelétrica no Tumucumaque

Comunidades indígenas têm direito à consulta prévia, livre e informada sempre que empreendimentos afetem seu território
MPF | DefesaNet

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça que determine à União, na figura do Exército Brasileiro, não instalar microcentral hidrelétrica na terra indígena do Parque do Tumucumaque (AP), até que sejam atendidos todos os requisitos constitucionais para a exploração de recursos hídricos em terra indígena. Além disso, há também a necessidade de avaliação dos impactos socioambientais do empreendimento, bem como a consulta livre, prévia e informada aos indígenas. A ação foi protocolada em 11 de outubro.

A microcentral tem o objetivo de fornecer energia elétrica para propiciar autonomia ao pelotão, composto por 45 militares, localizado na faixa de fronteira entre Brasil e Suriname, no parque do Tumucumaque. Atualmente, os militares contam apenas com oito horas diárias de energia elétrica, dependendo integralmente de geradores a diesel, óleo cujo trans…

Israel adota moderno sistema antimísseis Arrow 3

O exército de Israel recebeu o primeiro complexo Arrow 3 (ou Hetz 3), o sistema antimísseis mais recente, capaz de detectar alvos além da atmosfera terrestre, comunica Ministério da Defesa do país.


Sputnik

"O sistema Arrow 3 reforçará o sistema da defesa antimíssil do Estado judaico, que deve conter eficazmente todas as ameaças potenciais, desde mísseis artesanais dos militantes da Palestina a mísseis balísticos com cargas não convencionadas", anunciou o Ministério da Defesa de Israel.


Sistemas antimísseis de Israel: Irone Dome, MIM-104 e Arrow 3
Sistemas antimísseis israelenses Iron Dome, MIM-104 e Hetz 3 © AFP 2016/ GIL COHEN-MAGEN 

O produtor do sistema, a empresa da construção aeronáutica IAI, sublinha o alto potencial do sistema na luta contra todos os tipos de mísseis balísticos, incluindo a aplicação do princípio "hit-to-kill" ("atingir para destruir") no seu conceito.

Os analistas estimam que o Arrow 3 pode ser utilizado como arma antissatélite.

"A inclusão do Arrow 3 no sistema operacional da Força Aérea vai intensificar as capacidades de defesa do Estado. O Arrow 2 vai permitir reduzir consideravelmente os riscos de qualquer violação em relação a Israel", acrescentou o Ministério da Defesa de Israel.

O Arrow 3 (Hetz 3) é uma série de mísseis antibalísticos produzida pelas empresas IAI (Indústria Aeroespacial de Israel) e a Boeing. O sistema é considerado como mais potente e avançado entre os atualmente existentes.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas